Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

acordem

3ª pess. pl. pres. conj. de acordaracordar
3ª pess. pl. imp. de acordaracordar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·cor·dar a·cor·dar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Resolver de comum acordo; recordar; pôr de acordo; harmonizar.

2. [Música]   [Música]  Afinar.

verbo intransitivo

3. Sair do sono.

4. Ficar de acordo; concordar.

verbo pronominal

5. Lembrar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "acordem" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Portugueses, acordem !!

Em O INDEFECTÍVEL

...a tempo no BES Catarina Martins defende presunção de inocência de Luís Monteiro " Acordem !!

Em A RODA

Acordem senhores senadores, não temais nada, é necessário que a corte volte a ser a...

Em www.esmeraldamartinez.com.br

Via Diário as Beiras " A QLH sustenta a reclamação da indemnização num acordo com João Ataíde. Na carta envidada pela Júdice SA à Câmara da Figueira da Foz , a que o DIÁRIO AS BEIRAS teve acesso, refere-se que, “após longas negociações” , em reunião de câmara extraordinária realizada em 29 de dezembro de 2011, foi obtido…

Em Outra Margem

...Contudo, com as equipas a concordarem com um teto orçamental, é provável que também acordem num teto salarial de até 30 milhões de dólares, e poderá ser no seu...

Em Continental Circus
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Quando usar ao menos e pelo menos?
As expressões ao menos e pelo menos têm o mesmo significado (indicam um limite mínimo), podendo por isso ser usadas nos mesmos contextos: Viaja ao menos / pelo menos três vezes por ano; Ao menos / Pelo menos desta vez não chegaram atrasados.
pub

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/acordem [consultado em 19-10-2021]