Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

traços

masc. pl. de traçotraço
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tra·ço tra·ço


(derivação regressiva de traçar)
nome masculino

1. Acto ou efeito de traçar. = TRAÇADO

2. Linha, risca, risco.

3. Maneira especial de desenhar.

4. Corte, feitio, disposição.

5. Linha do rosto. (Mais usado no plural.) = FEIÇÃO

6. Característica especial ou distintiva.

7. [Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]  Elemento mínimo que caracteriza unidades linguísticas (ex.: traço distintivo).

8. O que sobra ou fica de algo que aconteceu, passou ou desapareceu. = RASTO, SINAL, VESTÍGIO

9. Quantidade muito pequena. = VESTÍGIO

10. Parte de um escrito ou de discurso. = EXCERTO, PASSAGEM, TRECHO

11. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Parte de qualquer coisa cortada transversalmente.

12. [Portugal: Beira]   [Portugal: Beira]  Limiar da porta.

13. [Informal]   [Informal]  Mulher elegante e bem feita.


a traços largos
O mesmo que em traços largos.

de um traço
De uma vez só.

em traços largos
Sem grandes pormenores (ex.: explicou o caso em traços largos).

traço de união
[Tipografia]   [Tipografia]  Sinal gráfico horizontal (-) usado na separação de elementos de um composto, de alguns prefixos, de sílabas em fim de linha e de ligações enclíticas e mesoclíticas. = HÍFEN, RISCA DE UNIÃO, TIRETE

traço inferior
[Informática, Tipografia]   [Informática, Tipografia]  Sinal gráfico ( _ ) que consiste num traço colocado a um nível inferior à linha ou às letras. = SUBLINHA, SUBTRAÇO

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "traços" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Texto em caixa, preto e todos aqueles traços !!

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

E o resultado é único: ao mesmo tempo reflete traços populares e eruditos, despertando atenção de públicos diversos..

Em Geopedrados

Estes números tão impressionantes muito se devem a dois dos principais traços da sua personalidade: a capacidade de liderança e a extrema ousadia para ignorar ordens...

Em Geopedrados

, aqui fica essa singela homenagem nos traços dos cartunistas brasileiros”, declarou o presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil, JAL Lovetro..

Em blog0news

Esses traços , a que ainda hoje ouço referências em Portugal

Em De Rerum Natura
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Eu gostaria de obter informação sobre a forma plural correta para o termo hora-extra, ou hora extra, que designa horas trabalhadas além do expediente regular do funcionário de uma instituição. A forma correta é horas extra, horas extras ou hora extras?
A grafia correcta é hora extra, sem hífen, e o plural é horas extras.
pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tra%C3%A7os [consultado em 02-12-2021]