Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

conta

contaconta | n. f. | n. f. pl.
3ª pess. sing. pres. ind. de contarcontar
2ª pess. sing. imp. de contarcontar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·ta con·ta


(derivação regressiva de contar)
nome feminino

1. Acto ou efeito de contar.

2. Execução e resultado de qualquer operação aritmética.

3. Cálculo.

4. Importância de uma despesa.

5. Papel em que se escreveu a conta.

6. Enumeração de débitos ou créditos, ou de ambos a par.

7. Saldo.

8. Número determinado; soma total.

9. Contagem.

10. Dívida.

11. Vantagem, conveniência.

12. Cuidado, cautela.

13. Responsabilidade.

14. Suposição.

15. Estimação; opinião.

16. Indícios, informação.

17. Relação, narração.

18. Pequena esfera com um furo por onde pode ser enfiado um fio, geralmente para bordar, fazer colares, rosários, etc.

19. Número de fios que deve ter um tecido.

20. [Figurado]   [Figurado]  Pessoa que não se deixa ver.

21. Pessoa muito acanhada.


contas
nome feminino plural

22. Rosário; missanga.

23. Negócios mútuos.


à conta de
Por causa de. = POR CONTA DE

A pretexto de. = POR CONTA DE

afinal de contas
Em conclusão, por fim. = AFINAL

dar conta do recado
Ser capaz de cumprir uma tarefa.

dar conta
Aperceber-se.

fazer de conta
Fingir, simular.

fechar contas
Saldar ou pagar as contas.

levar em conta
O mesmo que ter em conta.

por conta
Para diminuir o débito.

por conta de
Por causa de.

Para deduzir a.

A cargo de, às custas de.

Por incumbência de.

por conta própria
De forma independente (ex.: trabalhar por conta própria).

prestar contas
Explicar ou justificar as despesas (ex.: fez as compras, mas depois teve de prestar contas).

Explicar ou justificar acções ou procedimentos (ex.: o primeiro-ministro terá de prestar contas ao parlamento).

ter em conta
Pensar ou examinar com alguma atenção; levar em consideração. = ATENDER, ATENTAR, CONSIDERAR


con·tar con·tar

- ConjugarConjugar

(latim computo, -are, calcular)
verbo transitivo

1. Determinar o número, o valor, a quantidade. = COMPUTAR

2. Calcular.

3. Ter o número de.

4. Levar em conta.

5. Incluir.

6. Ter tenção de.

7. Narrar, referir.

verbo intransitivo

8. Fazer contas.

9. Esperar, ter confiança.

verbo pronominal

10. Entrar em conta; incluir-se; dizer-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "conta" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Por conta disso, durante mais de um século a obra de Gluck representou uma fronteira intransponível..

Em Geopedrados

...publicado no Diário do Governo 227, I série, da mesma data, página 227, dá conta que a

Em Alberto Helder

O defesa brasileiro conta 23 anos, tem sido um dos destaques do Corinthians, mas exige um esforço financeiro

Em Fora-de-jogo

...que os países mais ricos sigam poluindo mais que nações mais pobres e a conta acabe chegando a todos os cantos do planeta??

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

...redução de emissões de gases de efeito de estufa (GEE) até 2022, tendo em conta as suas “circunstâncias nacionais”..

Em BioTerra
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




A minha dúvida prende-se com a palavra rubrica. Julgo que é utilizada para designar um tipo de assinatura, mas também como sinónimo de assunto. A entoação da palavra é diferente nos dois casos, mas a ortografia é igual?
Deverá pronunciar sempre /rubríca/ e não /rúbrica/.

Como poderá verificar ao consultar o verbete rubrica no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, esta palavra tem vários sentidos ou acepções, alguns dos quais correspondem aos apontados na sua questão.

No que diz respeito à sua pronúncia, esta palavra só pode ser pronunciada correctamente como palavra grave, com acento de intensidade na penúltima sílaba: ru['bri]ca (a plica que surge na transcrição entre parênteses rectos corresponde ao acento de intensidade na sílaba -bri-), independentemente do sentido em que é utilizada. Esta acentuação deriva do étimo latino desta palavra, cuja penúltima sílaba era pronunciada como longa.

A pronúncia desta palavra como palavra esdrúxula, isto é, *['ru]brica, com acento de intensidade na antepenúltima sílaba, é incorrecta (como indica o asterisco), apesar de muito difundida, e só poderia ser aceite caso a ortografia desta palavra fosse *rúbrica (forma não atestada em nenhuma obra de referência).

Esta é uma questão de adequação ortografia/pronúncia segundo as regras ortográficas do português e o Acordo Ortográfico de 1990 não alterou nada neste âmbito.

pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/conta [consultado em 02-12-2021]