Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

secos e molhados

secoseco | adj. | n. m. | n. m. pl.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

se·co |ê|se·co |ê|


(latim siccus, -a, -um, seco, magro, sadio, sóbrio, insensível)
adjectivo
adjetivo

1. Que não tem água ou humidade. = ENXUTOHÚMIDO, MOLHADO

2. A que foi retirada a humidade.

3. Sem vegetação. = ÁRIDO, DESÉRTICOFÉRTIL

4. Que perdeu o viço. = MURCHO, RESSEQUIDO

5. Que não tem muita gordura. = DESCARNADO, MAGRO

6. Que é de poucas palavras; que não demonstra afecto. = ÁSPERO, DESCORTÊSAMÁVEL

7. Que se não comove. = INSENSÍVEL, RUDE, SEVEROSENSÍVEL

8. Que não tem ornamentos (ex.: notícia seca).

9. [Informal]   [Informal]  Que está esgotado ou despejado.

10. Que é áspero e curto, sem ressonância (ex.: ruído seco).

11. Sem suavidade (falando-se de obras de arte).

nome masculino

12. Baixio de areia que a vazante deixa a descoberto.

13. Lugar sem água.


secos
nome masculino plural

14. [Brasil]   [Brasil]  Conjunto de géneros alimentares sólidos ou secos que se vendem geralmente em mercearias e outras lojas de retalho, por oposição aos molhados.


secos e molhados
Conjunto de géneros alimentares sólidos e líquidos que se vendem geralmente nas mercearias e em outras lojas de retalho.

Tipo de comércio a retalho em que se vende esse conjunto de géneros alimentares.

Confrontar: ceco.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "secos e molhados" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

PRF/Divulgação Trecho de 445 quilômetros no estado de Goiás conta com pista simples e má conservação do pavimento e da sinalização viária, entretanto, o comportamento humano vem sendo a principal causa de acidentes na rodovia Fundamental para o escoamento de grãos, secos e molhados , bens e riquezas

Em www.caminhoes-e-carretas.com

psicodélico dos Secos e Molhados , ao intimismo existencial de mestres da música brasileira (como Cartola) até as questões políticas de seu tempo ( Tem gente com fome – a propósito, infelizmente extremamente atual). Ao mesmo tempo, é preciso que as coisas mudem para que elas continuem como são. Se o filme

Em www.cinecasulofilia.com

será reflexo de uma antiga e cautelosa mentalidade no negócio de secos e molhados , ou da dificuldade, que noutros tempos havia, para conseguir o alvará da venda ao balcão de vinho a copo. Seja como for, indo por esse lado arriscava-me a parecer que caía no sarcasmo fácil do invejoso ressabiado

Em TEMPO CONTADO

minha vida. Por tudo isto, foi com enorme prazer que eu li "Ney Matogrosso - a Biografia", do jornalista Julio Maria. A narrativa começa antes mesmo do nascimento do cantor, explicando sua família e o cenário quase de faroeste em que ele se criou. Há muita ênfase nos Secos & Molhados , que no final

Em www.tonygoes.com.br

com a música brasileira de imediato. Cedo começou a escrever letras para músicas de um vizinho, que o levou a aprender viola para fazer as suas próprias. A partir dos dezassete ou dezoito anos compôs algumas das que viriam a se tornar clássicos da banda seminal que fundou, os Secos & Molhados . in

Em Geopedrados
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de esclarecer uma dúvida: claridade é substantivo abstracto ou concreto?
Na acepção de “luz natural”, a palavra claridade é um substantivo concreto; nas restantes acepções é um substantivo abstracto.



Gostaria de saber qual a forma mais correcta dentro das que se seguem: "tu pareces gostar desta cidade" ou "parece que tu gostas desta cidade".
Ambas as frases que refere, “Tu pareces gostar desta cidade” e “Parece que tu gostas desta cidade”, estão correctas do ponto de vista gramatical. Estilisticamente, porém, poderá haver uma ligeira diferença: dir-se-ia que a primeira se coaduna com um registo de língua um pouco mais cuidado, sendo possivelmente mais usada num contexto formal.
pub

Palavra do dia

ni·ó·bi·o ni·ó·bi·o


(latim científico niobium, do grego Nióbe, mitónimo [Níobe, personagem da mitologia grega, filha de Tântalo e Dione])
nome masculino

[Física, Química]   [Física, Química]  Elemento químico metálico (símbolo: Nb) bastante raro, cinzento, de número atómico 41, de massa atómica 92,90, associado ao tantálio nos seus minérios.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/secos%20e%20molhados [consultado em 16-05-2022]