Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

seco

secoseco | adj. | n. m. | n. m. pl.
1ª pess. sing. pres. ind. de secarsecar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

se·co |ê|se·co |ê|


(latim siccus, -a, -um, seco, magro, sadio, sóbrio, insensível)
adjectivo
adjetivo

1. Que não tem água ou humidade. = ENXUTOHÚMIDO, MOLHADO

2. A que foi retirada a humidade.

3. Sem vegetação. = ÁRIDO, DESÉRTICOFÉRTIL

4. Que perdeu o viço. = MURCHO, RESSEQUIDO

5. Que não tem muita gordura. = DESCARNADO, MAGRO

6. Que é de poucas palavras; que não demonstra afecto. = ÁSPERO, DESCORTÊSAMÁVEL

7. Que se não comove. = INSENSÍVEL, RUDE, SEVEROSENSÍVEL

8. Que não tem ornamentos (ex.: notícia seca).

9. [Informal]   [Informal]  Que está esgotado ou despejado.

10. Que é áspero e curto, sem ressonância (ex.: ruído seco).

11. Sem suavidade (falando-se de obras de arte).

nome masculino

12. Baixio de areia que a vazante deixa a descoberto.

13. Lugar sem água.


secos
nome masculino plural

14. [Brasil]   [Brasil]  Conjunto de géneros alimentares sólidos ou secos que se vendem geralmente em mercearias e outras lojas de retalho, por oposição aos molhados.


secos e molhados
Conjunto de géneros alimentares sólidos e líquidos que se vendem geralmente nas mercearias e em outras lojas de retalho.

Tipo de comércio a retalho em que se vende esse conjunto de géneros alimentares.

Confrontar: ceco.

se·car se·car

- ConjugarConjugar

(latim sicco, -are)
verbo transitivo

1. Fazer evaporar a água ou a humidade de. = DESSECAR, ENXUGARMOLHAR

2. Esgotar, estancar.

3. [Marinha]   [Marinha]  Ferrar.

4. [Marinha]   [Marinha]  Pôr (embarcação) em seco.

verbo transitivo e intransitivo

5. Tornar ou ficar murcho ou pouco viçoso. = DESSECAR, MURCHARVIÇAR

6. Tirar ou perder a energia. = MURCHARVIÇAR

7. Fazer parar ou parar.

8. [Informal]   [Informal]  Deixar ou ficar aborrecido ou importunado. = ABORRECER, CHATEAR, ENTEDIARENTUSIASMAR

verbo intransitivo e pronominal

9. Perder a humidade; tornar-se seco. = DESSECAR

10. Deixar de correr ou de lançar de si (ex.: a fonte secou).

11. Esgotar-se; estancar-se.

12. Evaporar-se.

13. Sumir-se; mirrar-se.

14. Endurecer em contacto com o ar (ex.: a tinta ainda não secou).

verbo intransitivo

15. [Informal]   [Informal]  Esperar até cansar.


Ver também resposta à dúvida: secado.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "seco" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se consideram a frase seguinte gramaticalmente correcta: "Quando vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas".
Na frase Quando vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas, o pronome oblíquo vos corresponde à 2.ª pessoa do plural, desempenhando a função de complemento indirecto (= a vós), mas o sujeito da forma verbal vierem corresponde à 3.ª pessoa (vocês ou eles). .

Como é referido na resposta você, este pronome de tratamento designa a pessoa a quem se fala (tu/vós), mas, sendo um pronome de 3.ª pessoa, obriga o verbo à concordância com essa pessoa gramatical (daí dizer-se quando vocês vierem e não *quando vocês [= vós] vierdes). Como a ideia de forma de tratamento de 2.ª pessoa está muito presente nos falantes, a tendência é usar o pronome oblíquo vos correspondente à 2.ª pessoa (vós) e não o pronome lhes, correspondente à 3.ª pessoa (vocês/eles). Esta tendência gera construções condenadas por alguns gramáticos, como Paul Teyssier no Manual de Língua Portuguesa (Portugal-Brasil) [pp. 128-132].

Assim sendo, as hipóteses correctas seriam Quando [vocês] vierem novamente cá a casa, mostrar-lhes-ei a minha estufa de plantas exóticas ou Quando [vós] vierdes novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas. O Dicionário de Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, pelo contrário, considera que o pronome vos pode ser usado no tratamento por vocês. O Dicionário Priberam também regista este uso do pronome, mas indica que é muitas vezes desaconselhado. A este respeito, veja-se ainda a resposta vi-os / vi-vos.

O que foi dito acima refere-se à interpretação preferencial, que não invalida uma interpretação menos provável: Quando [eles] vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei [a vós] a minha estufa de plantas exóticas. Ainda que residual ou dialectal, o uso do pronome vós é possível, como é referido na resposta vós e vocês.




Empreendedorismo ou empreendorismo?
A palavra empreendedorismo encontra-se registada no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e a sua utilização é perfeitamente lícita, uma vez que se encontra correctamente formada (a partir da aposição do sufixo -ismo a empreendedor), ao contrário de empreendorismo, que pressupõe a elisão de algumas letras da palavra empreendedor ou uma forma *empreendor, que não existe.
pub

Palavra do dia

li·mí·co·la li·mí·co·la


(latim limicola, -ae)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

[Zoologia]   [Zoologia]  Que vive na lama ou no lodo (ex.: aves limícolas).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/seco [consultado em 11-05-2021]