PT
BR
Pesquisar
Definições



realizado

A forma realizadopode ser [masculino singular particípio passado de realizarrealizar] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
realizadorealizado
( re·a·li·za·do

re·a·li·za·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que se realizou.

2. Que atingiu a sua meta, o seu objectivo (ex.: é uma mulher realizada e feliz). = BEM-SUCEDIDO, CONSEGUIDOFALHADO, FRACASSADO, FRUSTRADO, GORADO, MALSUCEDIDO

etimologiaOrigem etimológica:particípio de realizar.
realizarrealizar
( re·a·li·zar

re·a·li·zar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Tornar ou tornar-se real ou concreto. = CONCRETIZAR, MATERIALIZAR

2. Tornar ou tornar-se efectivo. = EFECTIVAR, EFECTUAR, EXECUTAR


verbo transitivo

3. Conceber de uma maneira nítida, como real; dar-se conta (ex.: só agora realizou que foi enganado; não realizou a agressividade da afirmação).

4. Converter em dinheiro ou em valor monetário (ex.: realizará o que resta da herança mobiliária).

5. Cumprir com as obrigações.

6. Proceder à realização de um filme, de uma emissão de televisão ou de rádio.

7. [Música] [Música] Completar, numa partitura antiga, os acordes impostos pela sua nota de baixo cifrado. (Este trabalho era antigamente confiado ao copista.)


verbo pronominal

8. Acontecer.

9. Atingir metas ou objectivos pessoais ou profissionais.

etimologiaOrigem etimológica:real + -izar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "realizado" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Ao utilizar a locução "bem como" num período longo, a vírgula virá antes ou depois da locução? Ela dá a idéia de uma pausa sonora no período?
De acordo com a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, e com a Moderna Gramática Portuguesa, de Evanildo Bechara, a vírgula usa-se, entre muitas outras situações, para separar orações coordenadas, como as que são introduzidas pela locução conjuntiva bem como (ex.: comprou uma saia e um casaco, bem como uns sapatos para o casamento), empregando-se antes da conjunção ou da locução conjuntiva no caso de estas apenas poderem ser usadas no início da oração, como acontece com a locução bem como.