PT
BR
Pesquisar
Definições



termos

A forma termospode ser [masculino plural de termotermo], [primeira pessoa plural infinitivo flexionado de terter], [nome masculino de dois números], [nome masculino plural] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
termo1termo1
|ê| |ê|
( ter·mo

ter·mo

)


nome masculino

1. Limite em relação ao espaço ou ao tempo. = FIM, FINAL

2. Período, época em que se deve efectuar qualquer coisa. = PRAZO

3. Marco, baliza ou coluna, principalmente quando tem como ornamento um busto ou uma cabeça humana.

4. Espaço delimitado.

5. Zona que está à volta. = CIRCUNVIZINHANÇA, PERIFERIA

6. Lugar remoto ou longínquo. = CONFINS

7. Estado ou forma em que se encontra algo.

8. Teor ou conteúdo de algo.

9. Cada um dos constituintes ou elementos entre os quais se estabelece uma relação (ex.: termos de uma comparação, termos de uma proposição).

10. Palavra, vocábulo.

11. Registo escrito (ex.: termo de confidencialidade; termo de garantia; termo de posse; termo de responsabilidade).

12. Registo oficial da avaliação escolar (ex.: livro de termos; preencher os termos).

13. [Jurídico, Jurisprudência] [Jurídico, Jurisprudência] Qualquer declaração escrita nos autos.

14. [Matemática] [Matemática] Cada uma das quantidades que compõem uma relação, uma proporção, uma expressão algébrica.

termos


nome masculino plural

15. Comportamento ou procedimento considerado educado (ex.: fale com termos, por favor). = MANEIRAS, MODOS


a termo

Até ao fim (ex.: a primeira gravidez não chegou a termo).

Que tem um tempo de duração limitado e fixado antecipadamente (ex.: contrato a termo; ele está a termo no novo emprego). = A PRAZO

correr termos

[Jurídico, Jurisprudência] [Jurídico, Jurisprudência]  Estar em andamento, em progresso (ex.: o processo correu termos no tribunal de família e menores). = DECORRER

levar a bom termo

O mesmo que levar a termo.

levar a termo

Concluir ou chegar ao fim de (ex.: levaram a termo as negociações e conseguiram um acordo).

pôr termo a

Fazer acabar (ex.: queria pôr termo àquela situação).

etimologiaOrigem etimológica:latim terminus, -i, limite, fim.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:nomenclatura, terminologia.
Ver também resposta à dúvida: pronúncia de termo.
termostermos
|é| |é|
( ter·mos

ter·mos

)
Imagem

Recipiente em que os líquidos se conservam quentes por muito tempo.


nome masculino de dois números

Recipiente em que os líquidos se conservam quentes por muito tempo.Imagem = GARRAFA TÉRMICA, GARRAFA-TERMO, TERMO

etimologiaOrigem etimológica:inglês thermos, de marca registada, do grego thermós, -ê, -ón, quente.
termo2termo2
|é| |é|
( ter·mo

ter·mo

)
Imagem

Recipiente em que os líquidos se conservam quentes por muito tempo.


nome masculino

Recipiente em que os líquidos se conservam quentes por muito tempo.Imagem = GARRAFA TÉRMICA, GARRAFA-TERMO, TERMOS

etimologiaOrigem etimológica:grego thermós, -ê, -ón, quente.
Ver também resposta à dúvida: pronúncia de termo.
terter
|ê| |ê|
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Estar na posse ou em poder de (ex.: a família tem duas casas). = POSSUIR

2. Estar na idade de (ex.: ele só tem 11 anos).

3. Fazer o comércio de, exercer a indústria de.

4. Agarrar, segurar.

5. Receber, obter, alcançar.

6. Gozar de.

7. Sofrer de.

8. Sentir, experimentar.

9. Conter, poder levar.

10. Ser do tamanho de.

11. Ser composto ou formado de.

12. Trazer consigo ou em si (ex.: tinha um casaco bastante coçado).

13. Trajar.

14. Sentir.

15. Tocar-lhe em sorte.

16. Produzir.


verbo intransitivo

17. Valer, equivaler.


verbo pronominal

18. Segurar-se, equilibrar-se.

19. Parar, conter-se, deter-se, manter-se.

20. Resistir, opor-se.

21. Ater-se, confiar.

22. Reputar-se.


verbo auxiliar

23. Usa-se seguido do particípio passado, para formar tempos compostos (ex.: tem estudado, tinhas comido, terão pensado, teríamos dormido, tivessem esperado). = HAVER

teres


nome masculino plural

24. Bens, haveres, fortuna, meios.


ir ter a

Ir dar a; ir parar a.

ir ter com

Procurar.

não ter

Carecer, estar falto de.

ter a haver

Ficar na posse de (ex.: ele tem a haver a herança dos avós; não tenho troco a haver). = RECEBER

ter a palavra

Autorizado a falar em assembleia.

ter a ver com

Ter relação com; dizer respeito a (ex.: a subida dos preços teve a ver com a falta de petróleo; este documento não tem nada a ver com o outro).

Ter algo em comum com (ex.: ele tem algumas coisas a ver comigo; nós não temos nada a ver um com o outro).

ter de

Ser obrigado a ou estar resolvido a (ex.: tenho de acabar isto hoje). = PRECISAR

ter dedo

Ter aptidão.

ter pé

Andar ligeiro, tocar com os pés no fundo (do rio, etc.).

ter por

Julgar, ter em conta de, considerar como.

ter por bem

[Pouco usado] [Pouco usado] Tomar uma decisão (ex.: o professor teve por bem pedir ao aluno uma explicação do artigo). = HAVER POR BEM

ter que

O mesmo que ter de.

ter que ver com

Ter relação com; dizer respeito a. = TER A VER COM

ter-se em si

Comedir-se, reprimir-se.

etimologiaOrigem etimológica:latim teneo, -ere, segurar, ter, dirigir, atingir.

Auxiliares de tradução

Traduzir "termos" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.



Numa frase em que se queira dizer para não continuar ou não voltar a ser escravo/servo de algo ou alguém, está correto "não sirvamos mais o.." ou "não sirvamos mais ao..."? Que opção está correta e porquê?
De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ou com o Novo Dicionário Aurélio, o verbo servir, nas acepções “trabalhar como servo”, “fazer de criado” ou “prestar serviços ou trabalhar como empregado”, pode ser transitivo indirecto, isto é, selecciona argumentos iniciados por preposição (ex.: deixou de servir àquela família), transitivo directo, isto é, selecciona objectos directos não iniciados por preposição (ex.: serviu a família durante 20 anos) e intransitivo, isto é, admite construções sem complemento nominal (ex.: ele estava ali para servir). Assim sendo, ambas as construções que refere podem ser consideradas correctas.