Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

contra-anúncio

contra-anúnciocontra-anúncio | n. m.
masc. sing. de anúncioanúncio
Será que queria dizer contra-anuncio?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·tra·-a·nún·ci·o con·tra·-a·nún·ci·o


(contra- + anúncio)
nome masculino

Anúncio que contraria ou anula outro anterior. = CONTRA-AVISO

Plural: contra-anúncios.Plural: contra-anúncios.

a·nún·ci·o a·nún·ci·o


(latim annuntium, -ii, que anuncia)
nome masculino

1. Aviso ou notícia que se dá de alguma coisa. = COMUNICAÇÃO

2. Mensagem escrita ou audiovisual que promove determinado produto ou serviço nos principais meios de comunicação.

3. Sintoma, indício.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "contra-anúncio" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Dúvidas linguísticas


Venho pedir uma consideração acerca da palavra compto, que tenho vindo a usar como sinónimo de "âmbito", mas segundo me constou, é apenas uma deturpação técnica de cômputo. Desde já manifesto os mais sinceros agradecimentos pelo esclarecimento.
A forma compto não existe; a grafia correcta é cômputo, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, e significa “cálculo, contagem” (ex.: O cômputo dos dias de férias está incorrecto; No cômputo geral, a participação foi positiva).



As palavras Aveiro e petrologia lêem-se uma com o a aberto e a outra com o e aberto. Reparo no entanto a falta de acentuação. Será que isto se deverá à etimologia das palavras?
A acentuação gráfica das palavras em português não serve para indicar a qualidade das vogais, mas sim para marcar a sílaba tónica. Assim, Aveiro e petrologia não têm acento gráfico porque se trata de palavras graves (acentuadas nas sílabas -vei- e -gi-, respectivamente), que, de um modo geral, não são acentuadas graficamente no sistema ortográfico português.

O facto de a primeira poder ser lida com um a aberto e a segunda com um e aberto (embora a pronúncia de petrologia com e central fechado, como o e de se, seja muito comum no português europeu) não implica a necessidade de uso de diacrítico. Veja-se, a título de exemplo, o caso dos homógrafos forma (ó) e forma (ô), a que correspondem sentidos e produções fonéticas diferentes, mas cuja distinção é feita através do contexto em que ocorrem e não através do uso de acentuação gráfica (o Acordo Ortográfico de 1990 indica que o uso do acento circunflexo é facultativo no caso destes homógrafos).

Segundo o Acordo Ortográfico de 1945, há casos excepcionais de uso dos acentos gráficos, sempre em sílabas tónicas, para distinção entre palavras homónimas com categorias morfossintácticas diferentes (ex.: pelo [preposição] / pêlo [nome] ; para [preposição] / pára [forma do verbo parar]). O Acordo de 1990 prevê que o acento distintivo nos exemplos acima mencionados seja eliminado, mas mantém-no no caso de por [preposição] / pôr [verbo].

pub

Palavra do dia

al·gos·pas·mo al·gos·pas·mo


(grego álgos, -ous, dor + [e]spasmo)
nome masculino

[Medicina]   [Medicina]  Contracção muscular involuntária que causa dor. = CÃIBRA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/contra-an%C3%BAncio [consultado em 29-01-2023]