Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

console

consoleconsole | n. m.
consoleconsole | n. m.
1ª pess. sing. pres. conj. de consolarconsolar
3ª pess. sing. imp. de consolarconsolar
3ª pess. sing. pres. conj. de consolarconsolar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·so·le |ó|con·so·le |ó|2


(inglês console)
nome masculino

1. [Brasil]   [Brasil]   [Informática]   [Informática]  Computador destinado exclusivamente a jogos.

2. [Brasil]   [Brasil]   [Informática]   [Informática]  Conjunto formado pelo painel de instrumentos e espaços afins, numa viatura ou numa máquina.

3. [Brasil]   [Brasil]   [Tecnologia]   [Tecnologia]  Conjunto formado pelo painel de instrumentos e espaços afins, numa viatura ou numa máquina.


SinónimoSinônimo Geral: CONSOLA


con·so·le |ó|con·so·le |ó|1


(francês console)
nome masculino

1. [Brasil]   [Brasil]   [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]  Peça saliente que sustenta uma estátua, cornija, sacada, etc. = MÍSULA

2. [Brasil]   [Brasil]  Mesa estreita que se coloca junto a uma parede, geralmente para objectos de decoração como candelabros, jarras, etc.

3. [Brasil]   [Brasil]   [Música]   [Música]  Parte superior recurva da harpa, onde estão as cravelhas. = MODILHÃO

4. [Brasil]   [Brasil]   [Música]   [Música]  Parte móvel dos órgãos, onde estão localizados os teclados, os pedais e os registos.


SinónimoSinônimo Geral: CONSOLA


con·so·lar con·so·lar

- ConjugarConjugar

(latim consolor, -ari, tranquilizar, reconfortar, aliviar, encorajar)
verbo transitivo e pronominal

1. Aliviar a pena, o sofrer de. = CONFORTAR

verbo transitivo, intransitivo e pronominal

3. Dar ou sentir prazer, satisfação.

verbo pronominal

4. Conformar-se, resignar-se.

Confrontar: consular.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "console" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Quando os pilotos movem a alavanca de bloqueio de rajada no console central, uma sequência de dobradiças, hastes e cames move todos os bloqueios de rajada...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

...transferidos para a estação de Sarotska com um movimento visual enquanto carregavam em seu console ..

Em confrariadearton.blogspot.com

...embarcando, a tripulação na cabine ouviu um estrondo e um som sibilante vindo do console do lado direito, imediatamente seguido por fumaça e chamas..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

atrás do console central, ele se inclinou para frente com as duas mãos nas alavancas do acelerador,...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

A cabine tem novos revestimentos e um console central mais elevado, com um apoio de braço retrátil..

Em Caderno B
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Encontrei um problema com o vosso dicionário. Ao consultar o mesmo com as opções pré-AO, os plurais sugeridos aparecem sempre grafados segundo o AO. Isto acontece por exemplo na palavra "pêra", que aparece com as cores do pré-AO mas o único plural indicado é "peras" e não "pêras".
Não se trata de um erro, pois o plural de pêra é peras, com ou sem aplicação do Acordo Ortográfico de 1990.

O Acordo Ortográfico de 1990 (cf. Base IX, 9.º) elimina, de facto, os acentos em pêra e pêro (assim como em palavras cujo acento serve para distinguir homógrafos de certas palavras gramaticais, como nos pares pára/para, péla/pela, pêlo/pelo), mas, segundo o Acordo Ortográfico de 1945, o plural dessas duas palavras não tem acento gráfico, referindo explicitamente na Base XXII que se distinguem "pêra, substantivo, e pera, preposição arcaica (mas o plural, peras, sem acento); pêro, substantivo, e pero, conjunção arcaica (mas o plural, peros, também sem acento)". Isto acontece porque os substantivos pêra e pêro são homógrafos de palavras arcaicas (a preposição pera [= para] e a conjunção pero [= mas, porém]), mas os seus plurais peras e peros não são homógrafos de nenhuma outra palavra, uma vez que as preposições e as conjunções não têm plural.




Recebi a correção de um texto que fiz para minha prova de redação e foram reportados 2 erros apenas.

1º “erro”: Precisava descrever o fato de não abuso e utilizei-me da construção de uma palavra prefixada por in-, levando em conta que o mesmo atendia minha necessidade para a construção, resultando no termo inabusivo. No contexto era necessário concordar em gênero e número, obtendo assim inabusivas. Estaria incorreto?

2º “erro”: Utilizei o termo profícuo na seguinte frase: “Questão de caráter complexo e de difícil solução profícua...”. Sinceramente, acredito que a professora realmente não compreendeu o significado do termo e ou até o desconhece visto que ela não reportou erro de redundância (onde uma vez pensei que toda solução fosse profícua, mas logo discordei pois é possível uma solução não ser vantajosa) ou qualquer outro tipo de erro possível.

Para os dois “erros” ela escreveu apenas o seguinte comentário: “Evite termos difíceis, fale fácil!”. Minha composição nesses casos está correta?

Os dados que nos fornece relativamente ao primeiro “erro” assinalado não são suficientes para emitir opiniões sobre a sua (in)correcção. O que lhe podemos indicar é que o adjectivo inabusivo não se encontra averbado pelos principais dicionários de língua. Ainda assim, inabusivo obedece às regras de boa formação morfológica, tal como outros casos atestados lexicograficamente: inactivo, inafectivo, inafirmativo, etc.

Quanto ao segundo “erro” assinalado, o que parece causar estranheza nessa construção é a dupla adjectivação da palavra solução (“difícil solução profícua”), que dificulta a interpretação desse sintagma e, por conseguinte, de toda a frase. Se utilizarmos apenas o primeiro adjectivo, como em “Questão de carácter complexo e de difícil solução.”, verificamos que a frase se torna mais clara. Deve ter sido por essa razão que o comentário registado na sua redacção pedia para evitar termos difíceis, dado que, neste caso, turva o sentido que se pretende transmitir. O uso de termos “difíceis”, característicos de um registo de língua mais formal, não é, porém, condenável, é opcional, sendo sobretudo uma questão de estilo. O que convém não fazer é utilizar abusivamente esses termos em contextos não formais, o que pode dar uma falsa ideia de erudição.


pub

Palavra do dia

bras·sa·gem bras·sa·gem


(francês brassage)
nome feminino

Primeira fase do fabrico da cerveja, em que se mistura o malte com água a temperatura controlada, para formar o mosto. = BRASSADURA

Confrontar: braçagem.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/console [consultado em 06-08-2021]