Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
chavetachaveta | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cha·ve·ta |ê| cha·ve·ta |ê|
(chave + -eta)
substantivo feminino

1. Chave pequena.

2. Lingueta que se introduz na extremidade de um eixo para que a roda não salte.

3. Cavilha de metal destinada a ser introduzida num furo e colocada na ponta de um parafuso ou de um eixo, para segurar porcas, arruelas, anilhas ou afins.

4. Haste em que jogam as dobradiças.

5. [Ortografia]   [Ortografia]  Sinal gráfico ({ ou }) que abrange vários artigos de uma mesma espécie. = CHAVE, CLAVE

6. [Informal]   [Informal]  Nariz grande.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "chaveta" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se o verbo vir na frase eu não quero que eles "vão" à festa, está correto e se não qual é a forma correta.
Na frase Eu não quero que eles vão à festa está presente o verbo ir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de cá para lá, ou de um local próximo para um local mais afastado.
Se quiser utilizar o verbo vir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de lá para cá, ou de um local afastado para um local mais próximo de quem fala, deverá utilizar a forma venham.
Em ambos os casos, a frase estará correcta, pois trata-se de formas verbais no presente do conjuntivo (ou presente do subjuntivo, no português do Brasil), por fazer parte de uma oração subordinada completiva ou integrante, que é complemento directo do verbo querer. As duas frases apenas diferem no sentido dado por ser o verbo ir ou o verbo vir.




Sou estudante universitário e é-me bastante importante saber o motivo pelo qual a expressão "O João, preocupado que ele voltasse a sair mais cedo, saiu" está errada, e quais os fenómenos linguísticos implicados.
O adjectivo preocupado selecciona habitualmente um grupo nominal preposicionado (ex.: está preocupado com a doença da mãe) e não uma frase finita (ex.: *está preocupado que a mãe esteja doente; o asterisco indica agramaticalidade). Num dicionário de regências como o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjetivos, de Francisco FERNANDES (25.ª ed., São Paulo: Globo, 2000), por exemplo, poderá encontrar as estruturas abonadas e consideradas correctas para este adjectivo: preocupado com + grupo nominal (ex.: preocupado com as dívidas), preocupado em + frase infinitiva (ex.: preocupado em pagar as dívidas), preocupado de + grupo nominal (ex.: preocupado das dívidas), preocupado por + grupo nominal (ex.: preocupado pelas dívidas), sendo as duas últimas estruturas algo raras.

Por este motivo, na frase em questão, não é aconselhável o uso do adjectivo preocupado seguido de uma frase finita (que ele voltasse a sair mais cedo). Como alternativa, poderia utilizar uma construção como preocupado com a possibilidade de ele voltar a sair mais cedo (a frase infinitiva está contida no grupo nominal cujo núcleo é possibilidade).

pub

Palavra do dia

são·-vi·cen·ti·no são·-vi·cen·ti·no
(São Vicente, topónimo + -ino)
adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

1. Relativo à ilha de São Vicente, em Cabo Verde, ou o seu natural ou habitante.

2. Relativo à vila ou ao concelho de São Vicente, na ilha da Madeira, ou o seu natural ou habitante.

3. Relativo ou pertencente a qualquer localidade chamada São Vicente ou o seu natural ou habitante ou o seu natural ou habitante.

Feminino: são-vicentina. Plural: são-vicentinos.Feminino: são-vicentina. Plural: são-vicentinos.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/chaveta [consultado em 22-01-2019]