PT
BR
Pesquisar
Definições



caras

A forma caraspode ser [feminino plural de caracara] ou [feminino plural de carocaro].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
carocaro
( ca·ro

ca·ro

)


adjectivoadjetivo

1. Que custa mais dinheiro que aquele que se pode ou se quer gastar.

2. Que custa mais dinheiro que habitualmente.

3. Que exige grande despesa.

4. Que custa sacrifícios, perdas, etc.

5. Querido, estimado.


advérbio

6. Por alto preço.

7. Com grande trabalho.


nome masculino

8. [Botânica] [Botânica] Género de plantas umbelíferas.

9. [Náutica] [Náutica] Parte superior ou mais grossa de uma verga latina ou triangular.


fazer-se caro

Fingir-se desinteressado para que os pedidos ou as vantagens aumentem; fazer-se rogado.

caracara
( ca·ra

ca·ra

)


nome feminino

1. Parte anterior da cabeça. = FACE, ROSTO

2. [Figurado] [Figurado] Expressão da face (ex.: cara alegre). = FISIONOMIA, SEMBLANTE

3. [Por extensão] [Por extensão] Frente ou lado anterior de certos objectos.

4. Aspecto exterior de algo. = APARÊNCIA, AR

5. Lado da moeda em que está a efígie.

6. Atrevimento, ousadia.


nome masculino

7. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Pessoa de quem se omite ou desconhece o nome. = SUJEITO, TIPO

8. [Tauromaquia] [Tauromaquia] Forcado que se agarra ao touro pela frente e tenta subjugá-lo.


nome de dois géneros

9. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Forma de tratamento usada como vocativo ou como incitamento (ex.: vamos lá, cara?).


andar de cara à banda

[Informal] [Informal] O mesmo que ficar de cara à banda.

atirar à cara

[Informal] [Informal] Fazer críticas ou censuras em presença da pessoa em causa. = EXPROBRAR, LANÇAR EM ROSTO

Recordar favores prestados ou factos passados, na presença da pessoa interveniente.

bater com a cara na porta

[Informal] [Informal] Encontrar encerrado um espaço, um estabelecimento, uma casa, não conseguindo alcançar quem ou o que se procurava. = BATER COM O NARIZ NA PORTA

cara a cara

Em posição em que um está diante do outro. = FACE A FACE, FRENTE A FRENTE

De modo frontal ou directo; sem subterfúgios (ex.: fez as críticas cara a cara). = FRONTALMENTE

cara de caso

Ar sério de preocupação ou de apreensão.

cara de cu

[Calão, Depreciativo] [Tabuísmo, Depreciativo] Semblante descontente ou contrariado (ex.: ficar com cara de cu).

[Calão, Depreciativo] [Tabuísmo, Depreciativo] Expressão usada com o intuito de insultar a pessoa a quem é dirigida (ex.: sai da frente, cara de cu).

cara de enterro

[Informal] [Informal] Semblante triste ou grave (ex.: estão todos com cara de enterro).

cara de Páscoa

Rosto alegre, pessoa risonha e prazenteira.

cara de pergaminho

Faces secas e enrugadas.

cara de poucos amigos

[Informal] [Informal] De mau humor; com ar severo (ex.: o sujeito, corpulento, cara de poucos amigos, nem sequer respondeu à pergunta). = CARRANCUDO

cara de tacho

[Informal] [Informal] Ar desapontado ou surpreendido (ex.: a pergunta deixou o entrevistado com cara de tacho).

cara de vergalho

[Informal] [Informal] Rosto carrancudo, que denota mau humor ou antipatia.

cara ou coroa

Jogo em que se atira ao ar uma moeda, ganhando o jogador que adivinhar qual dos lados ficará para cima.

Pergunta que se faz antes de se jogar uma moeda ao ar para decidir uma questão ou fazer uma escolha.

com cara de asno

[Informal] [Informal] Desapontado, de boca aberta.

dar a cara

[Informal] [Informal] Assumir a responsabilidade por algo.

dar com a cara na porta

[Informal] [Informal] O mesmo que bater com a cara na porta.

encher a cara

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Beber muito, até ficar bêbedo. = EMBEBEDAR-SE, EMBRIAGAR-SE

estar na cara

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Ser evidente; ser óbvio (ex.: estava na cara que isso não ia dar certo).

fazer cara feia

[Informal] [Informal] Mostrar desagrado ou rejeição (ex.: não adianta fazer cara feia, eles não vão recuar na venda do apartamento).

ficar de cara à banda

[Informal] [Informal] Sentir-se envergonhado, humilhado.

ir com a cara de

[Informal] [Informal] Simpatizar (ex.: acho que ele não foi com a minha cara).

mandar à cara

[Informal] [Informal] O mesmo que atirar à cara.

perder a cara

Ficar desacreditado ou malvisto. = PERDER A FACE

quebrar a cara

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Não alcançar o resultado esperado; não ser bem-sucedido. = FALHAR, FRACASSAR

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Passar vergonha.

ter duas caras

[Informal] [Informal] Ser falso, hipócrita ou desonesto.

etimologiaOrigem etimológica:latim cara, -ae, face, rosto, do grego kára, cabeça.

Auxiliares de tradução

Traduzir "caras" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



A palavra moral é classificada como masculina ou feminina?
Tal como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a palavra moral é usada como masculina e como feminina, consoante o seu significado.

Enquanto substantivo, designando “estado de espírito, disposição”, a palavra moral é do género masculino: “É preciso levantar o moral dos jogadores!”. Nos restantes sentidos mencionados no Dicionário Priberam – “conjunto de costumes, regras”; “ética”; “lição, ensinamento” – o substantivo moral é do género feminino: “De acordo com a moral e os bons costumes.”; “Escreveu um artigo sobre os princípios da moral kantiana.”; “Qual é a moral da história dos Três Porquinhos?”.

Enquanto adjectivo, a palavra moral (= relativo aos costumes, à ética) é usada quer com nomes (substantivos) masculinos, quer com nomes femininos: “Temos o dever moral de ajudar os outros.”, “Há normas morais que é preciso cumprir.”.




Tenho dúvidas na construção desta frase: "caso tenha dúvidas, não hesite em perguntar" ou "caso tenha dúvidas, não hesite perguntar". Não sei qual a mais correcta.
As duas frases apresentadas encontram-se correctas, pois o verbo hesitar, quando selecciona uma frase infinitiva, pode ser transitivo directo, isto é, selecciona um complemento que não é regido por preposição (ex.: não hesite perguntar) ou transitivo indirecto, isto é, selecciona um complemento regido por preposição (ex.: não hesite em perguntar). Pesquisas em corpora e motores de busca mostram no entanto que a construção como transitivo indirecto (hesitar em) é mais usual.