PT
BR
Pesquisar
Definições



raças

A forma raçaspode ser [feminino plural de raçaraça] ou [nome feminino plural].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
raçasraças
( ra·ças

ra·ças

)


nome feminino plural

[Veterinária] [Veterinária] Fenda no casco do cavalo desde a coroa até à pinça.

raçaraça
( ra·ça

ra·ça

)


nome feminino

1. Divisão tradicional de indivíduos cujos caracteres físicos biológicos são constantes e hereditários (ex.: raça amarela, raça branca, raça negra, raça vermelha). [Os progressos da genética levam hoje a rejeitar qualquer tentativa de classificação racial.]

2. Subdivisão de uma espécie animal (ex.: raças bovinas; raça de cães).

3. Conjunto de ascendentes e descendentes de uma família, um povo; geração. = DESCENDÊNCIA, ESTIRPE, FAMÍLIA, GERAÇÃO, LINHAGEM

4. Conjunto de pessoas da mesma profissão, das mesmas tendências (ex.: raça dos poetas).

5. [Figurado] [Figurado] Conjunto de indivíduos ou coisas da mesma qualidade. = CASTA, CLASSE, ESPÉCIE, JAEZ, LAIA, TIPO

6. [Informal] [Informal] Coragem, determinação ou espírito de luta (ex.: atleta com raça).

7. Mínima quantidade de qualquer coisa (ex.: não mostrou raça de qualquer escrúpulo). = SINAL, VESTÍGIO

8. [Regionalismo] [Regionalismo] Réstia de sol.


nome masculino

9. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Expressão usada para exprimir contrariedade ou descontentamento (ex.: o raça da rapariga só faz disparates; o raça do carro não quer andar).


acabar com a raça de

Exterminar.

de raça

Que tem boa origem; que pertence a uma espécie considerada.

na raça

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Com coragem e determinação, fazendo todos os esforços possíveis (ex.: jogo ganho na raça). = NA MARRA, NO PEITO, NO PEITO E NA RAÇA

ser da raça de Judas

[Informal] [Informal] O mesmo que ser da raça do diabo.

ser da raça do diabo

[Informal] [Informal] Ser travesso; ser da pele do diabo.

[Informal] [Informal] Ser mau ou conflituoso; ser da pele do diabo.

etimologiaOrigem etimológica:italiano razza.

Auxiliares de tradução

Traduzir "raças" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Na conjugação do verbo ver numa frase que começa com "se", qual das opções é a correta: "Se ela vir você aqui, ela vai ficar brava". ou "Se ela ver você aqui..."?

Na frase que menciona, a forma correcta é virSe ela vir você aqui, ela vai ficar brava. –, forma de ver no futuro do conjuntivo (futuro do subjuntivo, no Brasil) e não no condicional (que seria veria: Não sabia se ela veria o filme).

O futuro do conjuntivo (ou do subjuntivo) é um tempo verbal que apresenta uma acção futura como possível ou hipotética, geralmente em orações subordinadas. Assim, a frase Se ela vir você aqui, ela vai ficar brava é composta por uma oração principal (ela vai ficar brava) e por uma oração subordinada condicional (se ela vir você aqui), que traduz a tal acção hipotética ou possível. Normalmente, este tempo é conjugado com as mesmas formas do infinitivo pessoal ou flexionado (ver exemplos de comer, abaixo) mas há um conjunto de verbos considerados irregulares em que tal não acontece, como ver, vir ou fazer, por exemplo:

O facto de ele não ver isto pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. ver, irregular)
Se ele não vir isto pode prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. ver, irregular)

O facto de ele não vir pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. vir, irregular)
Se ele não vier pode prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. vir, irregular)

O facto de tu não fazeres isto pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. fazer, irregular)
Se tu não fizeres isto podes prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. fazer, irregular)

O facto de nós não comermos pode prejudicar o trabalho. (infinitivo pessoal do v. comer, regular)
Se nós não comermos podemos prejudicar o trabalho. (futuro do conjuntivo do v. comer, regular)