PT
BR
Pesquisar
Definições



bocal

Será que queria dizer boçal?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
bocalbocal
( bo·cal

bo·cal

)
Imagem

Parte do telefone para onde se fala (ex.: tapou o bocal).


nome masculino

1. Abertura, geralmente redonda (ex.: bocal do frasco; tapar o bocal). = BOCA

2. Parte do telefone para onde se fala (ex.: tapou o bocal).Imagem

3. Parte do castiçal para encaixar a vela.

4. Peça de metal onde entra a chaminé do candeeiro ou lampião.

5. [Electricidade] [Eletricidade] [Eletricidade] Suporte, geralmente de porcelana ou de plástico, onde se enrosca a lâmpada. = PORTA-LÂMPADAS

6. [Música] [Música] Embocadura dos instrumentos de sopro.

7. [Armamento] [Armamento] Canhão de manga.

8. Espécie de açaime que se põe no focinho dos animais para não comerem ou não mamarem. = BARBILHO, BETILHO

9. Parte do freio que fica dentro da boca do cavalo. = BOCADO

10. Parapeito de poço. = PUTEAL

11. [Brasil] [Brasil] Peça metálica do loro junto ao estribo.

vistoPlural: bocais.
etimologiaOrigem etimológica:boca + -al.
iconPlural: bocais.
Confrontar: boçal, bucal.

Auxiliares de tradução

Traduzir "bocal" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Minha dúvida é: Por que passei a vida estudando que o correto é falar para eu fazer, para eu comer, e etc., se a frase É fácil para mim estudar não está errada? Podem explicar essa última frase.
De facto, nos contextos exemplificados com duas orações na resposta para eu/para mim (ex.: isto é para eu fazer), deverá ser usado o pronome sujeito, pois na oração para eu fazer, o pronome desempenha essa função de sujeito. No caso do exemplo É fácil para mim estudar, o contexto é semelhante àquele referido na resposta pronomes pessoais rectos e oblíquos, em que o pronome não desempenha a função de sujeito, pois esta frase pode ser decomposta em Estudar [sujeito] é fácil [predicado] para mim [adjunto adverbial de interesse].