PT
BR
Pesquisar
Definições



arvorado

A forma arvoradopode ser [masculino singular particípio passado de arvorararvorar], [adjectivoadjetivo] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
arvoradoarvorado
( ar·vo·ra·do

ar·vo·ra·do

)


nome masculino

1. Elevado provisoriamente a algum cargo ou posto.


adjectivoadjetivo

2. Levantado como árvore.

3. Erguido.

4. Hasteado.

arvorararvorar
( ar·vo·rar

ar·vo·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Pôr em posição vertical. = EMPINAR, ENDIREITAR, LEVANTAR

2. Pôr em sítio alto. = ERGUER, HASTEAR, IÇAR

3. Fingir ter. = ALARDEAR

4. [Pouco usado] [Pouco usado] Plantar árvores. = ARBORIZAR


verbo transitivo e pronominal

5. [Popular] [Popular] Atribuir(-se) título, cargo, condição ou qualidade.


verbo intransitivo

6. [Pouco usado] [Pouco usado] Sair de repente. = ABALAR, FUGIR

etimologiaOrigem etimológica:árvore + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "arvorado" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta: frequência do quarto ou frequência no quarto ano?
O substantivo frequência é geralmente seguido da preposição de (ou das suas contracções), como indica o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjectivos (25.ª ed., São Paulo: Globo, 2000), de Francisco Fernandes, e como atestam pesquisas efectuadas em corpora e em motores de busca da Internet.



A palavra seje existe? Tenho um colega que diz que esta palavra pode ser usada na nossa língua.
Eu disse para ele que esta palavra não existe. Estou certo ou errado?
A palavra seje não existe. Ela é erradamente utilizada em vez de seja, a forma correcta do conjuntivo (subjuntivo, no Brasil) do verbo ser. Frases como “Seje bem-vindo!”, “Seje feita a sua vontade.” ou “Por favor, seje sincero.” são cada vez mais frequentes, apesar de erradas (o correcto é: “Seja bem-vindo!”, “Seja feita a sua vontade.” e “Por favor, seja sincero.”). A ocorrência regular de seje pode dever-se a influências de falares mais regionais ou populares, ou até mesmo a alguma desatenção por parte do falante, mas não deixa de ser um erro.