Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "motivação" nas definições

imanente | adj. 2 g.
    Que tem motivação ou efeito interior....

desmotivar | v. tr. e pron. | v. tr., intr. e pron.
    Perder ou fazer perder a motivação, o entusiasmo ou o interesse (ex.: a chuva não desmotivou os jogadores; tentou não desmotivar; desmotivei-me com o trabalho)....

motivado | adj.
    Que sente motivação....

desmotivante | adj. 2 g.
    Que anula ou reduz a motivação; que desmotiva (ex.: o processo foi longo e desmotivante)....

motivante | adj. 2 g.
    Que estimula ou impulsiona a motivação; que motiva....

remotivar | v. tr. e pron.
    Motivar alguém ou a si próprio novamente; dar(-se) nova motivação (ex.: a escola procura novas estratégias para remotivar os alunos; o atleta remotivou-se com o discurso do treinador)....

impelir | v. tr.
    Servir de motivação ou de estímulo (ex.: a busca de conhecimento impele-o a investigar mais)....

aliunde | adv.
    Usa-se para indicar a proveniência de outro lugar ou de outra fonte (ex.: na motivação aliunde faz-se menção a actos e documentos, produzidos em outro processo)....

móbil | adj. 2 g. | n. m.
    Causa, motivação, motivo (ex.: a polícia ainda não sabia o móbil do crime)....

modorra | n. f.
    Falta de energia ou de motivação para algo....

mola-real | n. f.
    Causa, motivação ou incentivo principal (ex.: será que o dinheiro é a mola-real de todas as coisas?)....

motivação | n. f.
    Acto ou efeito de motivar ou de se motivar, de estimular ou de se estimular (ex.: os pais deram-lhe a motivação para continuar os estudos)....

birra | n. f.
    Comportamento ou reacção exagerada e sem motivação racional, geralmente originada por um capricho ou uma contrariedade....

circunstância | n. f. | n. f. pl.
    Particularidade que acompanha determinado facto ou acontecimento....

neocapitalismo | n. m.
    Forma contemporânea do capitalismo dominada por motivações específicas e por novas estratégias....

logoterapia | n. f.
    Psicoterapia que preconiza que a principal motivação de um indivíduo é encontrar o sentido da vida e que o auxilia nessa busca....

cena | n. f.
    Comportamento ou reacção exagerada e sem motivação racional, geralmente originada por um capricho ou uma contrariedade....

madorna | n. f.
    Falta de energia ou de motivação para algo....

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




Colibri diz-se: Culibri? ou Colibri (com o som do -o- aberto)? Li que a sílaba acentuada é a última? Sendo aguda, que som tem a sílaba Co-? E porquê, ou seja qual é a regra para a pronunciação desta palavra?
Na questão colocada, está em causa a qualidade da vogal de uma sílaba átona, e não a sua acentuação (a palavra é sempre acentuada na última sílaba: colibri).

A letra o pode corresponder ao som [o], como em avô ou dor, ao som [ɔ], como em avó ou corda, ou ao som [u], como em comida ou carro.

No português europeu, como regra geral (com muitas excepções), as vogais que não pertencem a uma sílaba tónica são elevadas. Por exemplo, no caso da vogal o das palavras corda e cordão, o som [ɔ] (vogal mais baixa) da palavra corda (com acento tónico em cor) passa a pronunciar-se [u] (vogal mais alta) em cordão pois a sílaba tónica passou a ser a última cordão. Esta regra geral pode aplicar-se a colibri (como a sílaba tónica é bri, a sílaba co- pode pronunciar-se [ku]), mas no caso desta palavra, há informação lexical, isto é, relativa à própria palavra e não às regras mais gerais da língua, que faz com que, por motivos etimológicos ou outros, a maioria dos falantes pronuncie [kɔ]libri. Esta é então também a pronúncia registada no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia da Ciências/Verbo e, posteriormente, no Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora.

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/motiva%C3%A7%C3%A3o [consultado em 28-10-2021]