PT
BR
Pesquisar
Definições



viola

A forma violapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de violarviolar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de violarviolar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
viola1viola1
|ó| |ó|
( vi·o·la

vi·o·la

)


nome feminino

1. [Música] [Música] Instrumento musical de cordas, semelhante ao violino, mas de timbre mais baixo e um pouco maior. = ALTO, VIOLETA

2. [Música] [Música] Instrumento musical análogo à guitarra, mas de sons mais baixos e com a caixa em forma de 8. = BANZA

3. [Música] [Música] Pessoa que toca um desses instrumentos.

4. [Ictiologia] [Ictiologia] Peixe condropterígio que habita as costas do Algarve e cuja forma se assemelha um tanto à da viola.


meter a viola no saco

[Informal] [Informal] Ficar sem capacidade de resposta ou de reacção (ex.: o candidato meteu a viola no saco e não respondeu a mais nenhuma pergunta). = CALAR-SE, EMBATUCAR

viola braguesa

[Música] [Música]  O mesmo que viola de arame.

viola de arame

[Música] [Música]  Viola tradicional, típica da Madeira, dos Açores, da região de Braga e de algumas regiões do Brasil, com forma de 8, cerca de 87 centímetros de comprimento e com cinco ordens de cordas duplas ou triplas.

viola da terra

[Portugal: Açores] [Portugal: Açores] [Música] [Música]  O mesmo que viola de arame.

etimologiaOrigem etimológica:provençal viola ou viula.
viola2viola2
|ó| |ó|
( vi·o·la

vi·o·la

)
Imagem

BotânicaBotânica

Designação dada a várias plantas do género Viola, da família das violáceas, com flores pequenas e coloridas, muitas delas de cor arroxeada.


nome feminino

[Botânica] [Botânica] Designação dada a várias plantas do género Viola, da família das violáceas, com flores pequenas e coloridas, muitas delas de cor arroxeada.Imagem = VIOLETA

etimologiaOrigem etimológica:latim viola, -ae.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:violal.
violar1violar1
( vi·o·lar

vi·o·lar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e intransitivo

1. Forçar alguém a ter relações sexuais. = ESTUPRAR, VIOLENTAR


verbo transitivo

2. Cometer violação ou desrespeito de norma, lei, acordo, etc. (ex.: o contrato viola o direito comunitário). = DESRESPEITAR, INFRINGIR, QUEBRANTAR, QUEBRAR, TRANSGREDIRCUMPRIR, RESPEITAR

3. Desrespeitar lugar sagrado ou merecedor de respeito (ex.: o grupo acusado de violar túmulos foi detido). = PROFANAR

4. Abrir sem pedir autorização (ex.: violar correspondência é crime). = DEVASSAR

5. Forçar a abertura (ex.: os bandidos tentaram violar o cofre). = ARROMBAR, VIOLENTAR

6. Entrar ilegalmente. = INVADIR

7. Tornar público sem permissão (ex.: violar um segredo). = DEVASSAR, DIVULGAR

etimologiaOrigem etimológica:latim violo, -are, tratar com violência, ferir, maltratar, desonrar.
violar2violar2
( vi·o·lar

vi·o·lar

)


nome masculino

[Jogos] [Jogos] Jogo popular.

etimologiaOrigem etimológica:viola + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "viola" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Quando nos referimos ao Município de Pombal ou à vila qual a forma correcta de dizer? "Estou no Pombal" ou "Estou em Pombal". Ambas as formas podem estar correctas?
De acordo com pesquisas em corpora e em motores de pesquisa na Internet, o topónimo Pombal é mais utilizado sem o artigo masculino (ex.: mora em Pombal; é originário de Pombal), apesar de haver algumas ocorrências com o artigo (ex.: vive no Pombal; regressou ontem do Pombal).