PT
BR
Pesquisar
Definições



tópico

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
tópicotópico
( tó·pi·co

tó·pi·co

)


adjectivoadjetivo

1. Relativo a lugar.

2. Que se refere directa e precisamente ao assunto de que se trata.

3. [Medicina] [Medicina] Que se aplica sobre um local específico (ex.: corticosteróide tópico; medicamento de aplicação tópica).


nome masculino

4. [Medicina] [Medicina] Medicamento que se aplica sobre uma a parte específica do corpo.

5. [Figurado] [Figurado] Aquilo que cura ou corrige. = CORRECTIVO, REMÉDIO

6. Argumento aplicado a todos os casos parecidos. = LUGAR-COMUM

7. Matéria ou objecto de que se trata ou vai tratar. = ASSUNTO, PONTO, TEMA

8. [Linguística] [Lingüística] [Linguística] Parte de um enunciado sobre a qual o resto do enunciado fornece informação ou que o resto do enunciado comenta ou questiona (ex.: os tópicos das frases estão sublinhados: "O Manuel comeu o bolo"; "O bolo, o Manuel comeu-o"). = TEMA

tópicos


nome masculino plural

9. Tratado sobre os lugares-comuns.

etimologiaOrigem etimológica:grego topikós, -ê, -ón.
Confrontar: tópico.

Auxiliares de tradução

Traduzir "tópico" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como devo falar ou escrever: "o Departamento a que pertence o funcionário" ou "o Departamento ao qual pertence o funcionário".
Nenhuma das expressões que refere está incorrecta, uma vez que, em orações subordinadas adjectivas relativas, o pronome relativo que pode, de uma maneira geral, ser substituído pelo seu equivalente o qual, que deverá flexionar em concordância com o género e número do antecedente (ex.: os departamentos aos quais pertence o funcionário). No caso em questão, o pronome relativo tem uma função de objecto indirecto do verbo pertencer, que selecciona complementos iniciados pela preposição a, daí que os pronomes que e o qual estejam antecedidos nestas expressões por essa preposição (a que e ao qual).

É de notar que a utilização da locução pronominal o qual e das suas flexões não deve ser feita quando se trata de uma oração relativa adjectiva restritiva que não é iniciada por preposição, isto é, quando a oração desempenha a função de um adjectivo que restringe o significado do antecedente (ex.: o departamento [que está em análise = analisado] vai ser reestruturado; *o departamento o qual está em análise vai ser reestruturado [o asterisco indica agramaticalidade]).




Qual o superlativo absoluto sintético do adjectivo maníaco?
Como é referido na resposta superlativos eruditos, o grau superlativo absoluto sintético é geralmente formado pela adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo. Em alguns casos, são necessárias as devidas adequações ortográficas para manter as características fonéticas do adjectivo no grau normal. Por analogia com outros adjectivos terminados em -aco (ex.: fraco - fraquíssimo; velhaco - velhaquíssimo), o superlativo absoluto sintético de maníaco parece ser maniaquíssimo. Os adjectivos terminados em -aco, tal como os terminados em -eco (ex.: seco - sequíssimo), formam este superlativo com adequação ortográfica para manter o som /k/ da sílaba final (é de referir que as formas consideradas irregulares advêm da existência de um superlativo latino como, por exemplo, opaco - opacíssimo). Os adjectivos terminados em -ico formam este superlativo geralmente sem manutenção do som /k/ da sílaba final (ex.: público - publicíssimo), embora, por vezes, haja manutenção desse som (ex.: simpático - simpatiquíssimo - simpaticíssimo).