PT
BR
Pesquisar
Definições



seção

A forma seçãoé[nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
seçãoseção
( se·ção

se·ção

)


nome feminino

[Portugal: Beira] [Portugal: Beira] Frescura ou humidade da terra.

etimologiaOrigem etimológica:origem obscura.
Confrontar: cessão, sessão.
secçãoseção
|ècs| |é|
( sec·ção

se·ção

)


nome feminino

1. Divisão ou subdivisão composta de coisas da mesma espécie.

2. Cada uma das divisões em que se organiza uma repartição pública, uma empresa ou outra instituição (ex.: secção de contabilidade; secção regional da ordem dos médicos).

3. [Arquitectura] [Arquitetura] [Arquitetura] Corte de um edifício pelo centro num plano com as proporções de altura e profundidade rigorosamente observadas para compreensão da sua disposição interior.

4. [Geometria] [Geometria] Encontro de duas linhas ou de uma linha e uma superfície ou de uma superfície e um sólido.

5. Corte vertical (ex.: viga com secção em L).

6. [História natural] [História natural] Divisão de um género, divisão secundária, subdivisão.

7. [Militar] [Militar] Quarta parte de um esquadrão.

8. [Militar] [Militar] Subdivisão de baterias em número limitado de bocas-de-fogo.

9. [Farmácia] [Farmácia] Operação de cortar substâncias medicinais.


secção de voto

Local onde vota um certo número de eleitores.

etimologiaOrigem etimológica:latim sectio, -onis, corte.
Confrontar: cessão, sessão.
Ver também resposta à dúvida: "secção" segundo o novo Acordo Ortográfico.
grafiaGrafia no Brasil:seção.
grafiaGrafia no Brasil:seção.
grafiaGrafia em Portugal:secção.
grafiaGrafia em Portugal:secção.

Auxiliares de tradução

Traduzir "seção" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Ao utilizar o vosso dicionário, obtive o seguinte resultado para a palavra amoníaco: do Lat. ammoniacu < Gr. ammoniakón s. m., gás incolor, de cheiro intenso, sabor acre e com efeitos lacrimogéneos; gás composto de azoto e hidrogénio, que se encontra na urina e nas matérias em decomposição. A partir de lacrimogéneos obtive: masc. plu. de lacrimogéneo, do Lat. lacrima + Gr. gen, r. de gígnomai, gerar. No entanto a palavra lacrimogéneo não aparece no vosso dicionário, mas sim lacrimogénio (com i em vez de e): adj., que provoca ou produz lágrimas; que faz chorar. Assim, gostaria de saber se existem as duas formas ou se uma se encontra errada.
Como muito bem observou, a informação disponibilizada não é coerente. De facto, não se pode dizer que a forma lacrimogénio seja errada, mas, sendo possível, é uma variante de lacrimogéneo, menos usada e praticamente não registada em dicionários e vocabulários de língua portuguesa.

O DPLP deveria ter registado a entrada lacrimogéneo (e lacrimogénio, a ser registado, deveria remeter para lacrimogéneo, sendo esta última a forma preferencial).




Quando nos referimos ao Município de Pombal ou à vila qual a forma correcta de dizer? "Estou no Pombal" ou "Estou em Pombal". Ambas as formas podem estar correctas?
De acordo com pesquisas em corpora e em motores de pesquisa na Internet, o topónimo Pombal é mais utilizado sem o artigo masculino (ex.: mora em Pombal; é originário de Pombal), apesar de haver algumas ocorrências com o artigo (ex.: vive no Pombal; regressou ontem do Pombal).