Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

partas

2ª pess. sing. pres. conj. de partirpartir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

par·tir par·tir

- ConjugarConjugar

(latim partio, -ire, dividir em partes, distribuir, repartir)
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Dividir em partes; separar com força ou violência (ex.: ainda partem a janela com essa brincadeira; se o cano partir, a culpa é sua; o copo partiu-se). = QUEBRAR

2. Causar ou sofrer fractura (ex.: partiu a cabeça na escola; o osso partiu; escorregou nas escadas e partiu-se todo). = QUEBRAR

verbo transitivo

3. Repartir; distribuir.

4. Ter origem ou começo. = PROCEDER, PROVIR

5. Confinar.

6. Seguir, prosseguir; prolongar-se, estender-se.

verbo intransitivo

7. Pôr-se a caminho, seguir viagem.

8. Ir-se embora. = RETIRAR-SE

9. Sair com ímpeto. = ARREMESSAR-SE

verbo pronominal

10. Retirar-se, sair.

11. Fugir, afastar-se.

12. [Figurado]   [Figurado]  Afligir-se, doer-se.


a partir de
Com início em determinada data; a datar de (ex.: o dinheiro estará disponível a partir de segunda-feira).

partir de
Admitir (princípio ou doutrina) como base dos seus argumentos (ex.: o trabalho é fácil, partindo do princípio que as bases já estão divididas).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "partas" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...e banais E pediu-me Que lhe levasse o medo Eu disse-lhe um segredo Não partas nunca mais E dançou Rodou no chão molhado Num beijo apertado De barco contra...

Em Estação Cronográfica

À época das guerras contra os partas , durante o reinado de Trajano, era governador da província romana da Síria ..

Em Geopedrados

...le confía la misión de cruzar las montañas nevadas de Armenia, plagado de patrullas partas , para buscar ayuda para sus hombres que mueren lentamente

Em Luiz Martins

À época das guerras contra os partas , durante o reinado de Trajano, era governador da província romana da Síria ..

Em Geopedrados

Meu anjo, nao digas mais do que o que sabes, nao partas o meu coracao Es tao lindo, e doce, e sabes o que queres, por...

Em Um apelo: Ajudem os animais, o ambiente, o mundo!
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual o texto correcto: peço-lhe para ele cá vir ou peço para ele cá vir?
Ambas as frases que refere estão correctas.

Na primeira, o verbo selecciona um complemento indirecto (o pronome oblíquo lhe) e um complemento directo sob a forma de oração completiva com valor nominal (para ele cá vir). Na segunda, o verbo pedir está a ser usado como transitivo directo, pois selecciona apenas o complemento directo.

Como o verbo pedir pode ser usado como transitivo directo (seleccionando apenas um complemento directo, como em pediu um café), transitivo indirecto (seleccionando apenas um complemento indirecto, como em pediu pelas vítimas da catástrofe) ou bitransitivo (seleccionando um complemento directo e um indirecto, como em pediu um café ao empregado), ambas as frases encontram-se correctamente formadas.




Está correto dizer macérrimo para uma pessoa muito magra?

O superlativo absoluto sintético simples dos adjectivos (aquele que exprime, através de uma só palavra, um elevado grau de determinado atributo ou qualidade) forma-se, em português, através da adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo (ex.: vulgaríssimo, tristíssimo, cheiíssimo).

Alguns adjectivos, porém, apresentam um superlativo alternativo, derivado do superlativo latino. É o caso de magro, que forma, além do superlativo regular magríssimo, o superlativo irregular macérrimo (do latim macerrìmus, -a, -um, superlativo de màcer “magro, debilitado”), tal como célebre (celebérrimo ou celebríssimo), pobre (paupérrimo ou pobríssimo), próspero (prospérrimo ou prosperíssimo).

Outros casos de superlativos eruditos incluem formas terminadas em -imo, como fácil (facílimo ou facilíssimo), bem como formas que derivam do latim ou que recuperam parte do radical latino, como simples (simplicíssimo ou simplíssimo), respeitável (respeitabilíssimo), ineficaz (ineficacíssimo), chão (chaníssimo).

Não há muitos superlativos eruditos, sendo fácil encontrá-los elencados em compêndios gramaticais, como na Nova Gramática do Português Contemporâneo (Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, pp. 258-259).

Recentemente, o sufixo -érrimo, característico de superlativos eruditos, tem sido usado, seja por desconhecimento, seja por ironia, em formações novas, inexistentes no latim, como chatérrimo (em vez de chatíssimo) ou chiquérrimo (em vez de chiquíssimo). No caso do adjectivo magro, este sufixo gerou ainda a forma magérrimo, dispensável em registos de língua cuidados.

pub

Palavra do dia

ses·qui·cen·te·ná·ri·o ses·qui·cen·te·ná·ri·o


(sesqui- + centenário)
nome masculino

1. Transcurso ou comemoração do centésimo quinquagésimo aniversário.

adjectivo
adjetivo

2. Que tem ou celebra 150 anos.


SinónimoSinônimo Geral: TRICINQUENTENÁRIO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/partas [consultado em 28-09-2021]