Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

paú

paupau | n. m. | n. m. pl.
Será que queria dizer pau?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pau pau


(latim palus, -i, poste, estaca)
nome masculino

1. Haste ou ramo de madeira, tal como se cortou da árvore. = VARA

2. Ramo ou vara que serve de apoio para caminhar. = BORDÃO, CACETE, CAJADO

3. Madeira usada no fabrico de algo (ex.: colher de pau).

4. Haste, ripa, ou trave.

5. Castigo corporal. = PAULADA

6. Apêndice duro que certos animais têm na cabeça. = CHIFRE, CORNO

7. Pedaço de certas substâncias duras (ex.: pau de giz).

8. [Jogos]   [Jogos]  Cada um dos alvos de madeira ou de marfim de certos jogos.

9. [Marinha]   [Marinha]  Mastro de uma embarcação.

10. [Calão]   [Tabuísmo]  Órgão sexual masculino. = PÉNIS

11. [Informal]   [Informal]  Designação informal da unidade monetária (ex.: isso custou cerca de 500 paus). [Mais usado no plural.]


paus
nome masculino plural

12. [Jogos]   [Jogos]  Um dos naipes do baralho, representado por trevos pretos.


a dar com o pau
[Informal]   [Informal]  O mesmo que a dar com um pau.

a dar com um pau
[Informal]   [Informal]  Em grande quantidade (ex.: era gente a dar com um pau; havia comida a dar com um pau).

aos paus
[Informal]   [Informal]  Sem posição ou emprego (ex.: andou aos paus durante uns meses).

dar por paus e por pedras
[Informal]   [Informal]  Encolerizar-se a ponto de fazer desatinos; mostrar grande irritação.

dar pau
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   [Informática]   [Informática]  Sofrer avaria, colapso, paragem ou perda de dados.

de pau feito
[Calão]   [Tabuísmo]  Com uma erecção peniana.

enquanto o pau vai e vem, folgam as costas
[Informal]   [Informal]  Expressão usada para indicar que se pode descansar nos intervalos de sequências de desgraças ou dificuldades.

nem a pau
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  De maneira alguma (ex.: o carro não funciona nem a pau).

pau batido
[Agricultura]   [Agricultura]  Designação dada ao tipo de exploração dos sobreiros em que é retirada a cortiça de todas as partes exploradas da mesma árvore no mesmo ano, por oposição à exploração em meças (ex.: está a ser feita a conversão da exploração em meças para pau batido).

pau de cocanha
Mastro untado de sebo, com prémio no topo para aquele que, trepando, consiga atingi-lo. = PAU-DE-SEBO

pau de dois bicos
[Informal]   [Informal]  Situação que pode ter um lado positivo e um lado negativo, ou vantagens e desvantagens. = FACA DE DOIS GUMES

pau de selfie
[Informal]   [Informal]   [Fotografia]   [Fotografia]  Cabo metálico extensível na ponta do qual se coloca um smartphone ou uma máquina de fotografar accionados por um botão na pega desse cabo e que permite tirar fotos ou filmar para além do alcance normal do braço. = BASTÃO DE SELFIE

pau de virar tripas
[Informal]   [Informal]  Pessoa muito magra.

pau para toda a colher
[Informal]   [Informal]  O mesmo que pau para toda a obra.

pau para toda a obra
[Informal]   [Informal]  Pessoa ou coisa que serve ou está disponível para qualquer tarefa ou serviço.

pôr-se a pau
[Informal]   [Informal]  Ficar alerta, atento. = PRECAVER-SE

um pau por um olho
[Informal]   [Informal]  Grande vantagem, pechincha.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "paú" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Devemos colocar um hífen a seguir a "não" em palavras como "não-governamental"? "Não governamental" é igual a "não-governamental"? O novo Acordo Ortográfico de 1990 muda alguma coisa?
A utilização e o comportamento de não- como elemento prefixal seguido de hífen em casos semelhantes aos apresentados é possível e até muito usual e tem sido justificada por vários estudos sobre este assunto.

Este uso prefixal tem sido registado na tradição lexicográfica portuguesa e brasileira em dicionários e vocabulários em entradas com o elemento não- seguido de adjectivos, substantivos e verbos, mas como virtualmente qualquer palavra de uma destas classes poderia ser modificada pelo advérbio não, o registo de todas as formas possíveis seria impraticável e de muito pouca utilidade para o consulente.

O Acordo Ortográfico de 1990 não se pronuncia em nenhum momento sobre este elemento.

Em 2009, o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP) da Academia Brasileira de Letras (ABL), sem qualquer explicação ou argumentação, decidiu excluir totalmente o uso do hífen neste caso, pelo que as ferramentas da Priberam para o português do Brasil reconhecerão apenas estas formas sem hífen. Sublinhe-se que esta é uma opção que decorre da publicação do VOLP e não da aplicação do Acordo Ortográfico.

Também sem qualquer explicação ou argumentação, os "Critérios de aplicação das normas ortográficas ao Vocabulário Ortográfico do Português"  [versão sem data ou número, consultada em 01-02-2011] do Vocabulário Ortográfico do Português (VOP), desenvolvido pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC), e adoptado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 8/2011 do governo português, aprovada em 9 de Dezembro de 2010 e publicada no Diário da República n.º 17, I Série, pág. 488, em tudo à semelhança do VOLP da ABL, afirmam excluir o uso do hífen nestes casos. A aplicar-se este critério, deve sublinhar-se que esta é uma opção que decorre da publicação do VOP e não da aplicação do Acordo Ortográfico. No entanto, a consulta das entradas do VOP [em 01-02-2011] permite encontrar formas como não-apoiado, não-eu, não-filho, o que implica o efectivo reconhecimento da produtividade deste elemento. Por este motivo, os correctores e o dicionário da Priberam para o português europeu reconhecerão formas com o elemento não- seguido de hífen (ex.: não-agressão, não-governamental). A este respeito, ver também os Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990.




Gostaria de saber se é correcta a divisão silábica da palavra "EX-A-ME".
A palavra exame deverá ser dividida silabicamente em e-xa-me. Nesta palavra, não há qualquer distinção entre a divisão silábica fonética e a divisão para translineação, contrariamente ao que acontece em palavras com alguns grupos consonânticos (ex.: ritmo), com consoantes duplas (ex.: assessoria) ou com ditongos crescentes (ex.: planície).
pub

Palavra do dia

re·cor·da·tó·ri·o re·cor·da·tó·ri·o


(recordar + -tório)
adjectivo
adjetivo

1. Que faz ou serve para recordar (ex.: intenção recordatória; marco recordatório). = RECORDATIVO

nome masculino

2. Aquilo que serve para recordar (ex.: fez o recordatório dos últimos 12 meses; recordatório de factos).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pa%C3%BA [consultado em 25-06-2021]