PT
BR
Pesquisar
Definições



par

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
parpar


adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros

1. Igual, semelhante, parceiro.

2. Que é representado por um número divisível por dois.

3. Disposto simetricamente dos dois lados de um eixo.

4. [Aritmética] [Aritmética] Que é divisível por 2 ou que se pode dividir igualmente sem quebrado.ÍMPAR


nome masculino

5. Conjunto de duas pessoas, particularmente, marido e mulher ou dois cônjuges.

6. Sociedade de dois. = DUPLA, PARELHA

7. [Dança] [Dança] Cada uma das pessoas que constituem uma dupla na dança.

8. Pessoa igual a outra em posição social ou académica (ex.: o artigo vai ser avaliado pelos pares).

9. O macho ou a fêmea de um casal de aves.

10. Conjunto de dois objectos da mesma espécie.

11. Peça de vestuário ou utensílio composto de duas partes iguais (ex.: comprou um par de calças).

12. Número indeterminado no sentido ponderativo.

13. [Desporto] [Esporte] Índice que indica o número de tacadas de golfe definidas como necessárias para chegar a um buraco ou para chegar a todos os buracos de um campo (ex.: buraco de par quatro; este campo tem par 71; um abaixo do par; dois acima do par).

14. [Tauromaquia] [Tauromaquia] Ferros.

15. [Antigo] [Antigo] Cada um dos mais poderosos vassalos do rei.

pares


nome masculino plural

16. [Desporto] [Esporte] Tipo de competição entre dois grupos de dois jogadores ou competidores, por oposição a singulares (ex.: partida de pares senhoras; pares mistos).


a par

Ao lado um do outro; junto ou juntamente (ex.: os dois clubes estão a par no topo da tabela).

A um tempo; igualmente, sem distinção ou separação.

Informado (ex.: mantenha-se a par das últimas notícias; não estou a par do que aconteceu). = INFORMADO

a par de

Ao lado de (ex.: os enchidos, a par do vinho, são uma das especialidades da casa).

ao par

A preço igual.

de par em par

De lado a lado; às escâncaras.

par de estalos

[Portugal] [Portugal] Dois tabefes no rosto, um a seguir ao outro.

par de França

Casal que se veste de maneira ridícula.

par de galhetas

[Portugal] [Portugal] O mesmo que par de estalos.

par do Reino

Membro da antiga Câmara Alta.

etimologiaOrigem etimológica:latim par, paris, igual, semelhante, macho ou fêmea de um par, esposa, marido, par, casal.

Auxiliares de tradução

Traduzir "par" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Há derivação da palavra sazonal para sazonalidade?
A palavra sazonalidade é composta por derivação, através da adjunção do sufixo -idade ao adjectivo sazonal.



Venho por este meio pedir-lhe que me esclareça se faz favor, a dúvida seguinte. Qual a frase correcta e porquê (penso que seja a segunda mas ouço muita gente utilizar a primeira): a) Eles hadem ver o que sou capaz de fazer. ou b) Eles hão-de-ver o que sou capaz de fazer.
A construção hão-de ver corresponde a uma forma do verbo haver (usado como auxiliar para exprimir o futuro), seguida da preposição de (à qual se liga por hífen, no português europeu, por se tratar de uma forma monossilábica do verbo haver, o que acontece também com hei-de, hás-de e há-de) e do verbo ver, considerado o verbo principal da locução verbal. Por este motivo, a frase correcta é Eles hão-de ver o que sou capaz de fazer, pois não existe nenhuma forma do verbo haver que corresponda a *hadem (o asterisco assinala erro ou agramaticalidade).

Este erro é muito frequente, sobretudo na oralidade, por os falantes não terem consciência das fronteiras de palavra nem da categoria das palavras constantes em certas locuções. Assim, ao ouvir uma forma como Ele há-de ver, e sem a preocupação de decompor a locução nos seus elementos constituintes, o falante que comete este erro considera há-de como uma única palavra e atribui-lhe a categoria de verbo. Quando tem de flexionar, este falante fá-lo como se se tratasse de um verbo regular da segunda conjugação (*hader, como comer, por exemplo), isto é, ao considerar *hade como terceira pessoa do singular (se compararmos com um verbo regular seria o correspondente a come), vai conjugar na terceira pessoa do plural como *hadem (como se fosse comem). Este raciocínio será análogo para uma forma como Tu *hades ver, em que a forma *hades corresponderia a uma hipotética segunda pessoa do singular (como se fosse comes).

A Base XVII do Acordo Ortográfico de 1990 prevê a eliminação do hífen nas formas monossilábicas do verbo haver seguidas da preposição de, pelo que a frase correcta será Eles hão de ver o que sou capaz de fazer.

No português do Brasil, quer antes quer depois do Acordo de 1990, a forma correcta é "hão de", sem hífen.