Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

pára

pára-para-pára-para- | pref.
páraparapárapara | n. 2 g.
3ª pess. sing. pres. ind. de pararparar
2ª pess. sing. imp. de pararparar
Será que queria dizer para ou Pará?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pára- |pà|para- |pà|pára- |pà|para- |pà|


(forma do verbo parar)
prefixo

Elemento designativo de aquilo ou aquele que protege ou ampara (ex.: pára-quedas, pára-raios).


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para-.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára-.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para-.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára-


pá·ra |pá|pa·ra |pá|pá·ra |pá|pa·ra |pá|


(redução de pára-quedista)
nome de dois géneros

[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]   [Militar]   [Militar]  Soldado especialmente exercitado para descer em pára-quedas na retaguarda inimiga, ou para praticar destruições em pontos estratégicos (ex.: os páras participaram no ataque). = PÁRA-QUEDISTA


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára


pa·rar pa·rar

- ConjugarConjugar

(latim paro, -are, preparar)
verbo intransitivo

1. Cessar no movimento ou na acção.

2. Não passar além de.

3. Estacar.

4. Chegar a um termo ou fim.

5. Residir.

6. Permanecer; conservar-se.

7. Frequentar.

8. Descansar.

9. Recair ou vir ao domínio ou propriedade de alguém (uma coisa depois de outros a terem possuído).

10. Reduzir-se ou converter-se (uma coisa em outra diferente da que se esperava).

verbo transitivo

11. Impedir a continuação do movimento, curso ou progresso de.

12. Aparar.

13. Sustentar.

14. Fixar; conservar.

15. Prevenir.

16. Apontar (ao jogo).

verbo auxiliar

17. Usa-se seguido da preposição de e infinitivo, para indicar fim de acção, processo ou estado (ex.: ainda não parou de chover).


Ver também resposta à dúvida: pára segundo o Acordo Ortográfico de 1990.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "pára" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Carvalho e Adão Careca Treinador: Hélder Dores A eficácia do Aldeia Nova foi fundamental para o triunfo, num encontro em que teve mais bola na primeira parte e soube

Em futebol matosinhos

...por um carro pipa, com l0 mil litros e uma caixa d’agua, com capacidade para mil litros..

Em Blog da Sagrada Família

...João Silva (Jorge, 45) Treinador: Sandro Mendes O golo de David Torres foi essencial para o regresso aos triunfos com a formação do Perafita ao bater o Torrão por...

Em futebol matosinhos

Não seria agora, com esta idade, que teria pachorra para alterar isso..

Em Outra Margem

Muitos de seus desenhos tiveram que ser utilizados como material combustível para o aquecimento do quarto..

Em Geopedrados
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




A minha dúvida é sobre a pronunciação do nome próprio Rosana. Existe quem acentue a sílaba "Ro" e "sa" (Rósâna) e quem acentue a sílaba "sa" apenas (Rusâna). O nome, no entanto, escreve-se sem qualquer acento. Qual a forma correcta de o pronunciar?
O nome próprio Rosana é uma palavra grave e, independentemente da pronúncia da letra o, a sílaba tónica (isto é, aquela que recebe o acento de intensidade da palavra) é sempre a penúltima (-sa-).

A diferença de pronúncia entre [Ru]sana, [Ro]sana ou ainda [Rɔ]sana deve-se a uma alternância vocálica, isto é, a vogal o na escrita pode corresponder na oralidade às vogais [u] (como em morango), [o] (como em dor) ou ainda [ɔ] (como em pó).

Como regra geral do português europeu, as vogais das sílabas átonas elevam-se (por exemplo, um [o] ou um [ɔ] tónicos passam a [u] quando átonos: ex.: cola [ɔ] > colar [u]; forca [o] > enforcar [u]), mas esta regra tem muitas excepções (motivadas por vezes por características lexicais de uma palavra específica, por razões etimológicas, eufónicas ou outras). No caso de Rosana, a elevação da vogal da sílaba átona corresponderia à pronúncia [Ru]sana, mas qualquer uma das outras pronúncias é tão correcta como esta.

pub

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/p%C3%A1ra [consultado em 28-10-2021]