Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
parápará | s. m.
para-para- | pref.
páraparapárapara | s. 2 g.
pára-para-pára-para- | pref.
parapara | prep.
Será que queria dizer pára ou Pará?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pa·rá pa·rá
(origem obscura)
substantivo masculino

[Brasil: Rio Grande do Sul]   [Brasil: Rio Grande do Sul]   [Religião]   [Religião]  Culto religioso de origem afro-brasileira.


para- para-
(latim paro, -are, preparar, esforçar-se para obter ou conseguir)
prefixo

Entra na composição de um grande número de palavras com várias significações: ao lado, além, acima de, a par de, à volta de, para, contra, quase (ex.: paranormal, paraolímpico, paratexto).



pá·ra |pá| pa·ra |pá| pá·ra |pá| pa·ra |pá|
(redução de pára-quedista)
substantivo de dois géneros

[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]   [Militar]   [Militar]  Soldado especialmente exercitado para descer em pára-quedas na retaguarda inimiga, ou para praticar destruições em pontos estratégicos (ex.: os páras participaram no ataque). = PÁRA-QUEDISTA


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára


pára- |pà| para- |pà| pára- |pà| para- |pà|
(forma do verbo parar)
prefixo

Elemento designativo de aquilo ou aquele que protege ou ampara (ex.: pára-quedas, pára-raios).


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para-.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára-.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para-.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: pára-


pa·ra pa·ra
(latim per, por, através de + latim ad, para, em direcção de)
preposição

1. Exprime direcção ou lugar de destino (ex.: arrancou para o Sul; a casa está virada para norte).

2. Exprime lugar de destino com intuito de demora (ex.: foram para Londres e só regressaram passados 30 anos).

3. Indica destinatário ou beneficiário (ex.: trouxe bolinhos para vocês).

4. Indica limite temporal aproximado (ex.: a abertura está prevista para sábado; o vestido está pronto para a semana).

5. Usa-se para indicar a hora exacta que se completará quando passarem os minutos referidos, menos de 30 (ex.: faltam cinco para a uma).

6. Usa-se para exprimir finalidade ou propósito (ex.: lutou para conseguir o que queria; deixaram documentação para que possamos analisar o caso; espremedor para citrinos).

7. Indica intenção (ex.: ando para comprar esse livro).

8. Indica especificidade, aptidão ou adequação de alguma coisa (ex.: comprimido para as dores; casaco para o frio).

9. Indica restrição (ex.: o filme é para maiores de 18 anos).

10. Indica ponto de vista (ex.: para os atletas, o treinador é um modelo).

11. Indica relação, proporção ou comparação (ex.: 1 está para 10 assim como 20 está para 200).


para que
Indica o fim, o objectivo ou a consequência de determinada acção (ex.: preciso de mais tempo, para que isto seja bem feito). = A FIM DE QUE

Confrontar: pára, forma do verbo parar.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "para" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Eu posso usar a palavra amiguíssima? Recebi um texto de um autor desconhecido que contém esta palavra: "Mulheres, personalidades honradíssimas Temos nós, orgulho em tê-las. Mãe, amada, irmã... amiguíssimas Impossível não percebê-las. Desde as meigas, às extremistas, Não há quem possa vencê-las." Coloquialmente é errado falar/escrever esta palavra?
O adjectivo amigo aceita um superlativo regular (amiguíssimo) e um irregular (amicíssimo), derivado do superlativo latino.

Por favor, consulte também outra dúvida já respondida sobre o mesmo assunto em superlativos eruditos.




O verbo intervir conjuga-se da mesma forma que o verbo vir? Sendo assim, qual é o seu particípio passado (caso tenha)?
O verbo intervir conjuga-se como o verbo vir, com a particularidade de se grafar com acento agudo na segunda e terceira pessoas do presente do indicativo (intervéns, intervém); esta particularidade é comum a todos os outros verbos derivados de vir ou do verbo latino venire (são os casos, por exemplo, de advir, avir, convir, desconvir, devir, provir, sobrevir). O particípio passado destes verbos também segue o paradigma de vir/vindo, sendo então intervindo o particípio passado de intervir (ex.: tinha intervindo brilhantemente no debate). Poderá esclarecer esta e outras dúvidas de conjugação seguindo a hiperligação para o verbo intervir no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e clicando em seguida na opção Conjugar que se encontra imediatamente acima da definição do verbo.
pub

Palavra do dia

xi·le·ma |ê| xi·le·ma |ê|
(xilo- + -ema)
substantivo masculino

1. [Botânica]   [Botânica]  Nome científico do tecido vegetal, formado de células vivas, de fibras e de vasos que constituem a madeira. = LENHO

2. Madeira.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/para [consultado em 23-01-2019]