Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

pós-pídgin

pós-pídginpós-pídgin | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pós-pídgin pós-pídgin


nome

(A definição desta palavra estará disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Guia de Pós Instalação do Ubuntu 16.04 GUIA DE PÓS -INSTALAÇÃO UBUNTU 16.04 LTS Para quem acabou de instalar o sistema operacional o primeiro comando, pode ir que este não morde: $ sudo apt-get update ; sudo apt-get upgrade ; sudo dpkg –configure -a ; sudo apt-get –fix-broken install ; sudo apt

Em historiasfemininas.blogs.sapo.pt

,e não encontrando o monumental de José(?) Pedro Machado,para esclarecer uma dúvida que me atormenta : Tenho usado a palavra "pandrial" (sesta pós -pandrial...),e ultimamente duvidava se era "pan..." ou "pran...)...E jogava no "pan"... (acho eu...).Ora no último "Quadratura" ouvi Pacheco Pereira,do alto

Em vistodesirius

, die Sach isch ned do, kuksch alt woannaesch. German (Schwaebisch) Die gsuchde Dadei isch nedd hir. Da mussch woanders gugge. German (Viennese dialect) Des gibt's wieda amoi ned. Glaswegian Yur page izznae here. Greek Den yparxi h selida re file, pos na to kanoume? Greek Ma pou na einai auti i selida

Em leojr.blogs.sapo.pt

Pedro Lomba, na sua coluna de hoje no Público, defende uma espécie de serviço comunitário obrigatório, que viria ocupar o tempo deixado vago pelo extinto serviço militar obrigatório, como forma de combater o "aparecimento nas últimas décadas de uma subclasse de jovens adolescentes e pós

Em senatus.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é o superlativo absoluto sintético do adjectivo miúdo?
O adjectivo miúdo admite o superlativo regular miudíssimo e o irregular minutíssimo, derivado do superlativo latino minutissimus, do adjectivo minutus, que está na origem etimológica de miúdo.



Venho por este meio pedir que me tirem uma dúvida relacionada com a palavra bolor: a correcta pronunciação da palavra acima referida é "bolor" (com o mesmo tipo de fonologia que existe em, por ex.: ardor ou timor) ou "bolór" (obviamente sem o uso do acento que coloquei, mas com um som como em pior ou maior). Pessoalmente penso que se pronuncia sem nenhum tipo de acentuação, mas desde que vim estudar para o Porto estou rodeado de gente que diz o contrário.
A pronúncia das palavras em português não obedece, em geral, a critérios de correcção, pois não se trata de uma pronúncia correcta ou incorrecta, mas de variações de pronúncia relacionadas com o dialecto ou o sociolecto do falante. Algumas obras lexicográficas contêm transcrições ou indicações de pronúncia (ou de ortoépia), que mais não são do que referências, e que, como tal, não podem ser tomadas como normativas ou vinculativas.

No caso da palavra bolor, parecem ser consideradas correctas as pronúncias do segundo o como [o] (o símbolo entre parênteses representa no alfabeto fonético internacional o som ô de ardor ou Timor) ou como [ɔ] (o símbolo entre parênteses representa no alfabeto fonético internacional o som ó de pior ou pó), ainda que a pronúncia com o som ô seja estatisticamente mais frequente. Assim, por um lado, o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo GONÇALVES (Coimbra, Coimbra Editora, 1966) e o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto, Porto Editora, 2004) indicam as duas fonéticas, enquanto o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro MACHADO (Lisboa, Âncora, 2001), o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências (Verbo, 2001) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa, Círculo de Leitores, 2002) assinalam apenas a pronúncia ô.

Pelo que foi acima apontado, a dúvida colocada diz respeito à qualidade da vogal fonética que corresponde à ortografia, e não a uma acentuação diferente (em ambas as pronúncias, trata-se da mesma sílaba acentuada, bolor). Uma vogal ortográfica (, por exemplo) pode, no português europeu, corresponder a diversas vogais fonéticas (ex.: [u], em bolor), [o] ou [ɔ], em bolor). Esta qualidade da vogal é geralmente fixa em cada palavra (normalmente, o mesmo falante não oscila entre [o] ou [ɔ], em bolor), mas pode alterar-se quando, numa palavra derivada, a sílaba dessa vogal passa de tónica a átona (ex.: bolor [o] ou [ɔ] > bolorento [u]).

pub

Palavra do dia

re·fu·gar re·fu·gar


(latim refugo, -are)
verbo transitivo

1. Pôr de parte. = DESPREZAR, REJEITAR

2. [Brasil]   [Brasil]  Separar, apartar (ex.: refugar o gado).

Confrontar: refogar.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/p%C3%B3s-p%C3%ADdgin [consultado em 22-01-2022]