Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
rosarosa | s. f. | s. m. | adj. 2 g. 2 núm.
3ª pess. sing. pres. ind. de rosarrosar
2ª pess. sing. imp. de rosarrosar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ro·sa |ó| ro·sa |ó|
(latim rosa, -ae)
nome feminino

1. [Botânica]   [Botânica]  Flor da roseira.Ver imagem

2. [Botânica]   [Botânica]  Arbusto da família das rosáceas. = ROSEIRA

3. Mancha circular e de cor avermelhada nas faces. = ROSÁCEA, ROSETA

4. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]  Pequeno ornato em forma de flor de roseira. = ROSÁCEA

5. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]  Vidraça circular de vidros coloridos que adorna as igrejas. = ROSÁCEA

6. [Encadernação]   [Encadernação]  Peça de latão com que os encadernadores douram os livros.

7. [Música]   [Música]  Abertura redonda do tampo de alguns instrumentos de cordas. = ROSÁCEA, ROSETA

8. Mulher formosa.

9. Ventura, alegria (ex.: a tua vida não será sempre de rosas). [Mais usado no plural.]

nome masculino

10. Cor vermelha muito clara. = COR-DE-ROSA

adjectivo de dois géneros e de dois números
adjetivo de dois géneros e de dois números

11. Que é dessa cor (ex.: comprou uns óculos rosa). = COR-DE-ROSA

Confrontar: roca.

ro·sar ro·sar - ConjugarConjugar
verbo transitivo e pronominal

1. Dar ou tomar a cor da rosa.

verbo pronominal

2. Envergonhar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "rosa" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




Consultei o dicionário e a área de dúvidas, mas não encontrei a resposta ao que pretendo esclarecer. A minha questão é em relação à expressão tá-se ou tásse. Suponho que esta expressão venha do verbo estar, mas desconheço o tempo verbal ou regra utilizada para chegar à expressão final. Se a forma correcta for tásse, então porque é que se diz dá-se ou vá-se?
A expressão tá-se é actualmente muito usada em situações de registo oral bastante informal. Como tal, não surge registada nas obras de referência como dicionários ou gramáticas. No entanto, a forma correcta para reproduzir na escrita esta expressão deverá ser tá-se, pois trata-se da redução da expressão está-se, provavelmente também redução de está-se bem.
pub

Palavra do dia

de·sa·mão de·sa·mão
(des- + à + mão)
nome feminino

1. Usado na locução adverbial à desamão.


à desamão
Fora de caminho; fora de jeito; fora de mão.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/rosa [consultado em 30-05-2020]