PT
BR
Pesquisar
Definições



nome

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
nomenome
|ô| |ô|
( no·me

no·me

)


nome masculino

1. Palavra que designa pessoa, animal ou coisa (concreta ou abstracta).

2. Denominação.

3. Apelido.

4. Prenome.

5. Alcunha.

6. Nomeada.

7. Fama.

8. Poder, autoridade.

9. [Gramática] [Gramática] Palavra que pertence à classe de palavras que designa seres ou coisas, concretos ou abstractos, estados, processos ou qualidades. = SUBSTANTIVO


chamar nomes

[Informal] [Informal] Proferir insultos (ex.: evitem chamar nomes aos colegas; não vale chamar nomes). = INJURIAR, INSULTAR

em nome de

Da parte de.

Em atenção a.

nome comum

Nome que designa um elemento de uma classe ou categoria, não designando um indivíduo ou uma entidade única e específica, por oposição a nome próprio.

nome de código

Nome ou designação com que se esconde o nome ou designação de algo ou alguém.

nome de fantasia

Nome que alguém adopta a seu bel-prazer.

nome de guerra

pseudónimo.

nome feio

Palavra indecorosa ou ofensiva. = PALAVRÃO

nome predicativo

[Gramática] [Gramática]  Palavra que qualifica ou determina o sujeito e que completa a significação do verbo.

nome próprio

Nome que designa um indivíduo ou uma entidade única e específica e que é geralmente escrito com inicial maiúscula, por oposição a nome comum.

etimologiaOrigem etimológica:latim nomen, -inis.
Confrontar: nume.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:lista, nomenclatura, nominata.
Ver também resposta à dúvida: pronúncia de nome.

Auxiliares de tradução

Traduzir "nome" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Quando atendemos um telefone é correto falar "pois não"?
A locução adverbial interrogativa pois não usa-se para saber o que alguém pretende ou para mostrar disponibilidade para ouvir uma solicitação, pelo que pode ser utilizada como fórmula de atendimento de uma chamada telefónica.



Qual o superlativo absoluto sintético do adjectivo maníaco?
Como é referido na resposta superlativos eruditos, o grau superlativo absoluto sintético é geralmente formado pela adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo. Em alguns casos, são necessárias as devidas adequações ortográficas para manter as características fonéticas do adjectivo no grau normal. Por analogia com outros adjectivos terminados em -aco (ex.: fraco - fraquíssimo; velhaco - velhaquíssimo), o superlativo absoluto sintético de maníaco parece ser maniaquíssimo. Os adjectivos terminados em -aco, tal como os terminados em -eco (ex.: seco - sequíssimo), formam este superlativo com adequação ortográfica para manter o som /k/ da sílaba final (é de referir que as formas consideradas irregulares advêm da existência de um superlativo latino como, por exemplo, opaco - opacíssimo). Os adjectivos terminados em -ico formam este superlativo geralmente sem manutenção do som /k/ da sílaba final (ex.: público - publicíssimo), embora, por vezes, haja manutenção desse som (ex.: simpático - simpatiquíssimo - simpaticíssimo).