Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

ministra

ministraministra | n. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de ministrarministrar
2ª pess. sing. imp. de ministrarministrar
fem. sing. de ministroministro
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mi·nis·tra mi·nis·tra


(feminino de ministro)
nome feminino

1. Mulher que exerce o cargo de ministro.

2. [Informal]   [Informal]  Mulher de ministro.

3. Mulher que auxilia ou intervém. = AUXILIADORA, INTERVENTORA, MEDIANEIRA

4. Roda que nos conventos passa os pratos da cozinha para o refeitório.

5. Utensílio de madeira em que o sapateiro resguarda o fio da faca.

6. [Portugal: Açores]   [Portugal: Açores]  Mesinha-de-cabeceira.


mi·nis·trar mi·nis·trar

- ConjugarConjugar

(latim ministro, -are, servir, fornecer, dar, cuidar, tratar, governar, dirigir)
verbo transitivo

1. Prestar, fornecer.

2. Administrar, conferir.

3. Sugerir, inspirar.

4. Dar.

5. Ajudar.


mi·nis·tro mi·nis·tro


nome masculino

1. Servidor, servo.

2. Ministrante.

3. Executador.

4. Pastor protestante.

5. Personagem a quem o chefe do Estado confia a administração de um dos ramos da causa pública.

6. Representante de uma nação em corte estrangeira.


ministro sem pasta
[Política]   [Política]  Membro do Conselho de Ministros quando não tem a seu cargo algum dos ministérios.


Ver também resposta à dúvida: pronúncia de ridículo, de ministro e de vizinho.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "ministra" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Ele seria apadrinhado pela ex- ministra e senadora eleita Tereza Cristina (PP), mas acabou sendo surpreendido esta semana com

Em Caderno B

3244 Senso d'hoje MARINA SILVA DEPUTADA FEDERAL BRASILEIRA FUTURA MINISTRA DO AMBIENTE??

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

...Observador que a negociação “é uma hipótese em aberto”, mas “não é fácil”, a ministra da Coesão, Ana Abrunhosa, comprometeu-se com a redução nos territórios em que “não há...

Em VISEU, terra de Viriato.

...caídos que se apresentam nestas situações, ouvi isto também de uma prima fervorosa e Ministra da Eucaristia alguns

Em O SAL DAS ROSAS

Em segundo lugar, acho poética a declaração de inocência da Ministra da Ciência

Em Ainda h
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Uma amiga minha perguntou-me se esta palavra existe: experienciar.
O verbo experienciar, sinónimo de experimentar, está dicionarizado em diversas obras portuguesas para além do Dicionário Priberam, como sejam o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (6 vol., Lisboa: Círculo de Leitores, 2002), o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004) ou o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses (Lisboa: Texto Editores, 2007). A sua formação (a partir do substantivo experiência + sufixo -ar) é análoga à de outros verbos da língua portuguesa, como, por exemplo, influenciar, minudenciar, referenciar ou vivenciar.



Quando se quer formar o diminutivo (usando a desinência "-inho") de um substantivo, levamos em consideração também a desinência dessa palavra? Por exemplo, o diminutivo de "problema" será "probleminho" ou "probleminha", de "poeta" "poetinho" ou "poetinha", etc.?
As formas diminutivas correctas com o sufixo -inho são probleminha ou poetinha.

O sufixo diminutivo -inho associa-se ao radical da palavra, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um carro - um carrinho; uma ajuda - uma ajudinha; um pijama - um pijaminha; uma foto - uma fotinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um bigode - um bigodinho; uma vontade - uma vontadinha; um cordel - um cordelinho; uma flor - uma florinha).

Apesar de à primeira vista parecer semelhante, o sufixo -zinho tem um comportamento diferente na formação de diminutivos, pois associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma ajuda - uma ajudazinha; um pijama - um pijamazinho; uma foto - uma fotozinha; um bigode - um bigodezinho; uma vontade - uma vontadezinha; um cordel - um cordelzinho; uma flor - uma florzinha).

O que foi dito acima para os sufixos -inho e -zinho é válido também para os sufixos -ito e -zito.


pub

Palavra do dia

des·po·ta·do des·po·ta·do


(déspota + -ado)
nome masculino

Cargo, dignidade ou território da jurisdição de um déspota.

Confrontar: disputado.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/ministra [consultado em 04-12-2022]