PT
BR
Pesquisar
Definições



mansinho

A forma mansinhopode ser [derivação masculino singular de mansomanso] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
mansinhomansinho
( man·si·nho

man·si·nho

)


adjectivoadjetivo

1. Que é muito manso.


de mansinho

[Informal] [Informal] Sem grande intensidade (ex.: a neve vem de mansinho; bateu à porta de mansinho). = LEVEMENTE

[Informal] [Informal] Sem fazer ruído ou sem chamar a atenção (ex.: foi de mansinho até à entrada da sala).

[Informal, Figurado] [Informal, Figurado] Sem ser notado; de maneira discreta (ex.: essa moda chegou de mansinho e pegou).

etimologiaOrigem etimológica:manso + -inho.
mansomanso
( man·so

man·so

)


adjectivoadjetivo

1. Que não é bravo.

2. Benigno.

3. De génio brando.

4. Sossegado, tranquilo.

5. Domesticado.

6. Cultivado (vegetal).

7. Sereno.

8. Plácido.

9. Não silvestre.

10. Lento, brando.


advérbio

11. Com mansidão.

12. Com bons modos.

13. Ao de leve.

14. Em voz baixa.


manso e manso

Pouco a pouco.

vistoSuperlativo: mansíssimo ou mansuetíssimo.
iconSuperlativo: mansíssimo ou mansuetíssimo.
Confrontar: manco.

Anagramas



Dúvidas linguísticas



A palavra moral é classificada como masculina ou feminina?
Tal como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a palavra moral é usada como masculina e como feminina, consoante o seu significado.

Enquanto substantivo, designando “estado de espírito, disposição”, a palavra moral é do género masculino: “É preciso levantar o moral dos jogadores!”. Nos restantes sentidos mencionados no Dicionário Priberam – “conjunto de costumes, regras”; “ética”; “lição, ensinamento” – o substantivo moral é do género feminino: “De acordo com a moral e os bons costumes.”; “Escreveu um artigo sobre os princípios da moral kantiana.”; “Qual é a moral da história dos Três Porquinhos?”.

Enquanto adjectivo, a palavra moral (= relativo aos costumes, à ética) é usada quer com nomes (substantivos) masculinos, quer com nomes femininos: “Temos o dever moral de ajudar os outros.”, “Há normas morais que é preciso cumprir.”.




Em uma determinada frase foi usado: "Em acontecendo que o caso seja revisto..... "
Esta construção da frase acima está correta?
No português contemporâneo, a construção com o gerúndio antecedido da preposição em é possível, apesar de relativamente rara.

Esta construção é enfática, não acrescenta nenhuma informação ao uso do gerúndio simples. É possível encontrá-la com uma função adverbial, geralmente para indicar simultaneidade ou anterioridade imediata (ex.: em chegando o tempo quente, vamos à praia), ou ainda para indicar um valor condicional (ex.: em querendo [= se ele quiser], ele consegue; em sendo necessário [= se for necessário], eu venho cá ajudar).