Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

líamos

1ª pess. pl. pret. imperf. ind. de lerler
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ler |ê|ler |ê|

- ConjugarConjugar

(latim lego, -ere, reunir, juntar, colher, apanhar, ler)
verbo transitivo e intransitivo

1. Interpretar o que está escrito; proceder à leitura de (ex.: ler um livro; leu uma história ao filho; aprender a ler).

verbo transitivo

2. Decifrar através do reconhecimento de um determinado código (ex.: ler uma partitura de música; ler um gráfico estatístico).

3. Fazer a interpretação de (ex.: ler a obra de um filósofo). = INTERPRETAR

4. Dar certo sentido a (ex.: foi fácil ler no rosto dela o medo que sentiu; ler o pensamento de alguém). = INTERPRETAR, PERCEBER

5. Predizer, adivinhar (ex.: ler o futuro).

6. Reconhecer os dados gravados em (ex.: ler um CD).

verbo intransitivo

7. Dedicar-se à leitura (ex.: passa o tempo livre a ler).


Ver também resposta à dúvida: "provêem" segundo o Acordo Ortográfico de 1990.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "líamos" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Líamos o Neptuno e A Guerra Ilustrada que íamos buscar aos escritórios dos agentes de...

Em De Rerum Natura

consultavam-se os livros onde as rosas expectantes abriam pétalas de desejos, líamos nos desenhos de Matisse os pequenos encantos dos objectos caseiros enroscados ao quotidiano dos...

Em A Outra Margem

Estudávamos, líamos ..

Em anabelamotaribeiro.pt

Líamos um livro por dia durante as férias e comunicávamos por carta, trocávamos opiniões..

Em anabelamotaribeiro.pt

Até há pouco tempo, líamos histórias pequenas, com muitas ilustrações..

Em www.vinilepurpurina.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Escreve-se dispor ou dispôr? Já ouvi que ambas estão correctas, embora talvez a última tenha caído em desuso; será?
O verbo pôr tem acento circunflexo por necessidade de distinção clara da preposição por. No entanto, nenhum dos seus derivados ou cognatos tem acento circunflexo, por já não haver necessidade de qualquer distinção. Desta forma, a única ortografia correcta será dispor, como poderá encontrar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, onde poderá confirmar também outros verbos cognatos como apor, antepor, compor, contrapor, depor, dispor, expor, justapor, opor, propor, etc.



Na frase «O sentinela era um jovem soldado sem nome.» está correctamente aplicado o artigo definido masculino singular «O», ou deverá antes aplicar-se o artigo definido feminino «A» precedendo o nome «sentinela»? Em diferentes textos, surgem as duas diferentes formas, o que me levou a aperceber-me de uma vacilação de género; qual a preferível? E em relação a «ordenança» (enquanto soldado)?
A palavra sentinela designa, numa das suas acepções, o soldado ou, em contextos civis, a pessoa encarregada de efectuar a vigilância. Apesar de poder designar uma pessoa de sexo masculino, esta palavra surge nos dicionários como substantivo sobrecomum, registada apenas com o género feminino, à semelhança de outras palavras como criança ou pessoa. Por este motivo, será aconselhável a frase "A sentinela era um jovem soldado sem nome."

Apesar de o caso de ordenança poder parecer semelhante, o registo em dicionários confere-lhe habitualmente classificação lexical de substantivo de dois géneros, o que faz com que seja possível "O ordenança era um jovem soldado sem nome."

Esta questão varia consoante algumas especificidades lexicais de cada palavra, mas também consoante as actualizações lexicográficas feitas pelos dicionários a partir dos usos linguísticos ou de alterações sociais, culturais ou tecnológicas. O caso é porventura um pouco diferente, mas veja-se, a título de exemplo, a palavra segurança, que passou a ter, nas últimas décadas, uma acepção de substantivo de dois géneros.

pub

Palavra do dia

al·vo·ri·çar al·vo·ri·çar


(alvoriço + -ar)
verbo intransitivo

1. [Antigo]   [Antigo]  Fugir com susto. = DEBANDAR

verbo pronominal

2. Ficar com os cabelos ou pêlos arrepiados; pôr-se o cabelo em pé (ex.: alvoriçou-se com o susto). = ARREPIAR-SE

Confrontar: alvoroçar.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/l%C3%ADamos [consultado em 30-11-2021]