PT
BR
Pesquisar
Definições



galgamento

A forma galgamentopode ser [derivação masculino singular de galgargalgar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
galgamentogalgamento
( gal·ga·men·to

gal·ga·men·to

)


nome masculino

1. Acto ou efeito de galgar.

2. Transposição de uma estrutura por uma massa de água, geralmente o mar ou um rio (ex.: galgamentos costeiros; as cheias podem provocar o galgamento da barragem).

etimologiaOrigem etimológica:galgar + -mento.
galgargalgar
( gal·gar

gal·gar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e intransitivo

1. Transpor, subindo ou passando por cima. = PULAR, SALTAR

2. Passar para cima. = SUBIR, TREPARDESGALGAR

3. Andar a passo largo. = CORRER


verbo transitivo

4. Ir além de (ex.: o rio galgou as margens). = SUPERAR, TRANSPOR, ULTRAPASSAR

5. Vencer distâncias. = PERCORRER

6. Chegar a uma posição elevada ou mais elevada, em relação a postos, cargos, honras, etc. = SUBIR

7. Tornar plano ou direito. = ALINHAR, ENDIREITAR

8. Tomar medidas com o compasso.

etimologiaOrigem etimológica:galgo + -ar.


Dúvidas linguísticas



Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).



Como se escreve: "boas festas a todos os seguidores" ou "boas-festas a todos os seguidores"?
Como o contexto que refere não é suficientemente esclarecedor, ambas as grafias, boas festas e boas-festas, estão correctas; os seus usos e funções é que são distintos.

Regra geral, expressões de votos escrevem-se sem hífen:
1. a) Já começaram a jantar? Bom apetite.
b) Boa viagem e boas férias.
c) Se não nos virmos antes, Bom Natal e Bom Ano.
d) Bom feriado! Aproveite para descansar.
e) Obrigada pelo convite mas acabei de lanchar. Bom proveito!

O mesmo acontece com os cumprimentos e saudações:
2. a) Bom dia. Como tem passado?
b) Boa tarde, meninos.
c) Então, boa noite e até amanhã.

No entanto, enquanto substantivos designativos desses cumprimentos, as formas de 2) são escritas com hífen:
3. a) Chega sempre com um bom-dia sorridente.
b) Que boa-tarde sisudo foi esse?
c) Deixo um boa-noite caloroso a todos os ouvintes.

O par boas festas/boas-festas tem um comportamento semelhante, podendo ser interjeição ou substantivo, de acordo com o contexto em que essas expressões são usadas. Quando se pretende cumprimentar e expressar votos de felicidade no Natal e no Ano Novo, usa-se a locução, escrita sem hífen: Boas festas a todos os seguidores. Quando a expressão é usada como substantivo, escreve-se com hífen: Aproveito para estender as minhas sinceras boas-festas a todos os seguidores.