Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

discreto

discretodiscreto | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

dis·cre·to |é|dis·cre·to |é|


(latim discretus, -a, -um, particípio passado de discerno, -ire, separar, distinguir, reconhecer, decidir)
adjectivo
adjetivo

1. Que tem ou denota discrição.

2. Que não chama a atenção. = CIRCUNSPECTO, RESERVADO

3. Que revela simplicidade ou sobriedade. = MODESTO, SIMPLES

4. Que mostra sobriedade ou comedimento. = CORDATO

5. Que tem cautela nas acções e afirmações. = RECATADO

6. Que sabe guardar um segredo.

7. Que tem pouca intensidade.

8. Que exprime objectos distintos, mas semelhantes.

9. [Matemática]   [Matemática]  Que tem natureza, unidades ou elementos distintos ou não contínuos.

10. [Medicina]   [Medicina]  Que se manifesta por sinais separados.

11. [Portugal: Açores, Informal]   [Portugal: Açores, Informal]  Que mostra inteligência. = INTELIGENTE

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "discreto" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

: tinhas o dom de dar, amigo tão discreto , puro e raro..

Em Rua das Pretas

O regresso a Lisboa é discreto e inglório..

Em Alberto Helder

...informação seja passada aos protagonistas que podem, num último esforço, que terá de ser discreto , sem recorrer a orgão de comunicação social, nem apelos explicitos, tentar ainda

Em Ver

...intervalo qualquer coisa tinha de ser mudada até porque havia jogadores em rendimento muito discreto ..

Em Depois Falamos

...Correia, um dos melhores do actual quadro da primeira categoria, fez um trabalho tão discreto quanto excelente como devia acontecer sempre mas infelizmente não acontece..

Em Depois Falamos
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




É indiferente a utilização indistinta dos verbos levantar e alevantar, rebentar e arrebentar?
As palavras que referiu são sinónimas duas a duas (alevantar = levantar, arrebentar = rebentar), sendo as formas iniciadas por a- variantes formadas pela adjunção do prefixo protético a-, sem qualquer alteração de sentido. A estas palavras podem juntar-se outros pares, como ajuntar/juntar, amostrar/mostrar, arrecuar/recuar, assoprar/soprar, ateimar/teimar, etc.

As formas com o elemento protético a- são geralmente consideradas mais informais ou características do discurso oral, devendo por isso ser evitadas em contextos que requerem alguma formalidade ou em que se quer evitar formas menos consensuais.

Apesar deste facto, não podemos fazer uma generalização destes casos para o uso do prefixo, uma vez que o prefixo a- pode ter outros valores, como os de aproximação, mudança (ex.: abaixo < a- + baixo, acertar < a- + certo + -ar) ou de privação, negação (ex.: atemporal < a- + temporal, assexuado < a- + sexuado), em que já não se trata de variação, mas de derivação.

pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/discreto [consultado em 21-10-2021]