Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

devia

1ª pess. sing. pret. imperf. ind. de deverdever
3ª pess. sing. pret. imperf. ind. de deverdever
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

de·ver |ê|de·ver |ê|

- ConjugarConjugar

(latim debeo, -ere)
verbo transitivo

1. Estar obrigado a.

2. Ser necessário.

3. Ter de suceder.

4. Ter dívidas.

5. Ser provável que.

6. Ter a dívida de.

7. Estar reconhecido (a alguém) por.

nome masculino

8. Acto que tem de se executar em virtude de ordem, preceito ou conveniência.

9. Obrigação.

10. Tarefa ou exercício que um professor indica aos alunos para ser feito fora das aulas, geralmente em casa. (Mais usado no plural.) = TRABALHO DE CASA


deveres conjugais
[Direito]   [Direito]  Conjunto de deveres decorrentes da relação matrimonial, nomeadamente de assistência, de coabitação, de cooperação, de fidelidade e de respeito.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "devia" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Berlenga - foto pessoal O leite puro O mundo devia ser refeito por alguns santos..

Em Geopedrados

de velhos costumes, somos um país que não se mobiliza tanto quanto devia contra discriminações de género históricas, somos um país tranquilo à sombra do patriarcado, somos...

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

Toda esta conversa porque ainda há amigos que insistem que devia conta

Em largo da memória

Arbitragem com nota muito negativa de Manuel Mota no Dragão. É unanime que o golo do Paços de Ferreira é ilegal, que Antunes deveria ter sido expulso aos 32 minutos e ainda que ficou um penalti por marcar a favor dos dragões e que Taremi não deveria ter sido expulso. Muitas dúvidas no lance que podia ter originado a expulsão…

Em Fora-de-jogo

, Chiaran nunca tinha contado a Fainne os pormenores que esta devia saber sobre a sua mãe, a sua avó e a sua família em Sevenwaters..

Em Gotika
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Deve-se escrever colete em seda vermelha ou colete em seda vermelho?
As duas possibilidades estão correctas; na primeira o adjectivo vermelho qualifica e concorda com o substantivo feminino seda, enquanto na segunda qualifica e concorda com o substantivo masculino colete.



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.

pub

Palavra do dia

so·pi·tar so·pi·tar

- ConjugarConjugar

(latim vulgar *sopitare, do latim sopitus, -a, -um, particípio passado de sopio, -ire, adormecer, entorpecer, extinguir)
verbo transitivo

1. Fazer dormir; provocar sono ou dormência em. = ADORMECER, ADORMENTAR, SOPORIZAR

2. Tornar mais calmo, mais suave ou menos intenso (ex.: conseguiu sopitar a ira que sentia). = ABRANDAR, ACALMAR, SUAVIZARINTENSIFICAR

3. Não deixar que algo se manifeste (ex.: sopitar uma revolta). = REFREAR, REPRIMIR

4. Quebrar as forças. = ABATER, DEBILITAR, ENFRAQUECERFORTALECER

5. Embalar com promessas ou com esperanças.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/devia [consultado em 22-10-2021]