Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
sensosenso | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

sen·so sen·so
(latim sensus, -us, sentido, órgão do sentido, faculdade de sentir, sensação, pensamento)
substantivo masculino

1. Juízo claro. = PRUDÊNCIA, SISO

2. Capacidade para sentir. = SENTIDO

3. Capacidade de pensar. = JUÍZO, PENSAMENTO, RACIOCÍNIO

4. Direcção, rumo.


bom senso
Equilíbrio nas decisões ou nos julgamentos em cada situação que se apresenta.

senso comum
Conjunto de opiniões ou ideias que são geralmente aceites numa época e num local determinados.

Confrontar: censo.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "bom senso" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Procurei a definição para a palavra invariavelmente, contudo, não a localizei no dicionário. Apenas encontrei invariável. O que muda com o acréscimo de -mente?
De facto, o advérbio invariavelmente não faz parte da nomenclatura do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. A nomenclatura de um dicionário é sempre limitada, e a prova disso é que até o recente Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002), considerado o dicionário de língua portuguesa com a maior nomenclatura, também não o regista. A maioria dos dicionários considera que a definição dos advérbios em -mente, com raras excepções, se depreende facilmente dos adjectivos de que derivam. Desta forma, considera-se que invariavelmente poderia ser entendido como “de maneira invariável”, com as acepções do adjectivo invariável.

Esta é, no entanto, uma questão que escapa à maioria dos utilizadores, e às vezes é difícil depreender os sentidos do advérbio a partir da definição do adjectivo. Neste aspecto, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências/Verbo (2001), parece ser bastante completo, informando o utilizador do dicionário dos vários sentidos em que pode ser utilizado o advérbio. Neste caso específico, o advérbio invariavelmente não é apenas um advérbio de modo, significando “de maneira invariável” (ex.: A cena foi repetida três vezes invariavelmente), mas é também um advérbio de tempo, significando “todas as vezes, sem excepção” (ex.: Chegam invariavelmente atrasados às aulas).




Gostaria de saber qual das frases é que está correcta: "Desde à 20 minutos que a opção está bloqueada." ou "Desde há 20 minutos que a opção está bloqueada."
Das frases que menciona, a correcta é a segunda, Desde há 20 minutos que a opção está bloqueada, pois neste caso deverá ser utilizado o verbo haver (no sentido de ter decorrido determinado tempo) e não a contracção da preposição a com o artigo a que especifica um nome feminino.

O emprego da preposição desde neste contexto não parece ser consensual, pois é sentido como redundante por alguns falantes, que optam por omiti-la: Há 20 minutos que a opção está bloqueada. É uma opção baseada na sensibilidade linguística de cada falante que não pode, no entanto, ser generalizada, pois há casos em que a omissão da preposição pode alterar o significado da frase. Comparem-se, por exemplo as seguintes frases:

Os cientistas estudaram amostras de fezes fossilizadas desde há 130 mil anos. [a fossilização pode ter 130 mil anos ou menos]
Os cientistas estudaram amostras de fezes fossilizadas 130 mil anos. [a fossilização tem 130 mil anos]

Foi a operação mais violenta dos rebeldes contra o exército desde há cinco anos. [em cinco anos, foi a operação mais violenta]
Foi a operação mais violenta dos rebeldes contra o exército cinco anos. [a operação ocorreu cinco anos antes]

pub

Palavra do dia

cei·til cei·til
(árabe sebti, relativo a Ceuta)
substantivo masculino

1. [Numismática]   [Numismática]  Moeda do tempo de D. João I que valia 1/6 de real.

2. Soma de dinheiro, geralmente pouco (ex.: gastou o último ceitil). = TOSTÃO

3. Coisa insignificante. = BAGATELA, INSIGNIFICÂNCIA, NINHARIA

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/bom%20senso [consultado em 21-08-2019]