Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

Pesquisa por "bom senso" nas definições

criterioso | adj.
    Que tem ou manifesta bom senso ou prudência (ex.: ele é um homem criterioso)....

estólido | adj.
    Que mostra falta de bom senso ou de sensatez....

sensato | adj.
    Que tem bom senso; prudente; circunspecto....

extrapolar | v. tr. e intr. | v. intr.
    Exceder os limites do bom senso....

encegueirar | v. tr. e intr.
    Tirar ou perder o bom senso, a calma ou a capacidade de raciocinar....

cegar | v. tr. e intr. | v. tr., intr. e pron. | v. tr. e pron. | v. tr.
    Tirar ou perder o bom senso, a calma ou a capacidade de raciocinar....

apelar | v. tr. | v. tr. e intr. | v. tr. e pron.
    Dirigir-se a; pedir (ex.: apelamos ao bom senso de todos)....

absurdo | adj. | n. m.
    Aquilo que é contrário à razão, à sensatez, ao bom senso....

disparate | n. m. | interj.
    Aquilo que é contrário à razão, à sensatez, ao bom senso....

siso | n. m.
    Juízo; tino; prudência; bom senso; circunspecção....

sisudez | n. f.
    Seriedade; siso; prudência, bom senso....

zarelho | n. m.
    Pessoa que mostra falta de bom senso....

razão | n. f. | n. m. | n. f. pl.
    Alertar alguém para a falta de bom senso ou de correcção....

despropósito | n. m.
    Falta de propósito ou de oportunidade....

senso | n. m.
    Juízo claro....

nonsense | n. m.
    Aquilo que é contrário à razão ou ao bom senso....

contra-senso | n. m.
    Aquilo que é contrário à razão, à sensatez, ao bom senso....

Dúvidas linguísticas


Minha dúvida é a seguinte: Quando eu digo que vou emprestar algo (vou-te emprestar minha camiseta, por exemplo), essa frase está errada? E quando digo que vou emprestar algo de alguém (vou emprestar sua camiseta, por exemplo)? Queria saber se ambas as frases estão corretas, se são ambíguas ou algo do gênero ou se o verbo emprestar tem um jeito certo de ser usado.
O verbo emprestar é transitivo directo e pode significar “transferir ou dar temporariamente alguma coisa”, não necessariamente uma coisa possuída por quem empresta (neste sentido, vou-te emprestar a minha camisa significa vou ceder-te a minha camisa temporariamente e vou emprestar a sua camisa significa vou ceder temporariamente a sua camisa a outra pessoa). No português do Brasil, o verbo emprestar pode significar também “pedir temporariamente uma coisa a outrem” (neste sentido, vou emprestar a sua camisa significa vou pedir temporariamente a sua camisa). Por este motivo, ambas as frases estão correctas, podendo a segunda ser ambígua no português do Brasil.



Na seguinte frase Pessoas que utilizam o computador, a Internet, os famosos jogos virtuais, possuem um desempenho maior com relação às pessoas que não os utilizam, como poderia dividi-la em sujeito e predicado?
Na frase que menciona, a função sintáctica de sujeito é desempenhada pelo grupo nominal que contém uma frase (pessoas que utilizam o computador, a Internet, os famosos jogos virtuais) e a função sintáctica de predicado é desempenhada pelo verbo possuir e pelos constituintes que dele dependem (possuem um desempenho maior com relação às pessoas que não os utilizam).

Palavra do dia

eins·têi·ni·o eins·têi·ni·o


([Albert] Einstein, antropónimo [físico alemão] + -io)
nome masculino

[Química]   [Química]  Elemento químico artificial (símbolo: Es), de número atómico 99. = EINSTÉNIO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/bom%20senso [consultado em 18-04-2021]