PT
BR
Pesquisar
Definições



afogo

A forma afogopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de afogarafogar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
afogoafogo
|ô| |ô|
( a·fo·go

a·fo·go

)


nome masculino

1. Sufocação.

2. [Figurado] [Figurado] Angústia.

3. Aperto, pressa.

vistoPlural: afogos |ô|.
etimologiaOrigem etimológica:derivaçao regressiva de afogar.
iconPlural: afogos |ô|.
afogarafogar
( a·fo·gar

a·fo·gar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fazer morrer debaixo de água.

2. Apertar as goelas a; estrangular.

3. [Figurado] [Figurado] Não deixar desenvolver.

4. Reprimir, sufocar.

5. Embargar, impedir.

6. Oprimir, sobrecarregar.

7. Ensopar, cobrir de líquido.

8. Submergir.

9. Fazer subir (o vestido) até ao pescoço.


verbo intransitivo

10. Sentir afogo.

11. Abafar, não medrar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "afogo" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta: frequência do quarto ou frequência no quarto ano?
O substantivo frequência é geralmente seguido da preposição de (ou das suas contracções), como indica o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjectivos (25.ª ed., São Paulo: Globo, 2000), de Francisco Fernandes, e como atestam pesquisas efectuadas em corpora e em motores de busca da Internet.



Quando posso utilizar o apóstrofo na língua portuguesa? Posso utilizá-lo como na língua italiana?
O uso do apóstrofo está definido nos textos legais que regulam a ortografia portuguesa, nomeadamente nas bases XXXIII a XXXVIII do Acordo Ortográfico de 1945 ou na Base XVIII do Acordo Ortográfico de 1990. Refira-se que o novo acordo ortográfico não altera nada no uso do apóstrofo.

Segundo esses textos legais, o apóstrofo usa-se nos seguintes casos:
a) numa contracção em que um elemento pertence a um conjunto vocabular distinto (ex.: n'Os Lusíadas) ou em que se quer dar destaque com maiúscula a um elemento (ex.: acredito n'Ele);
b) na ligação das palavras santo ou santa (ex.: Sant'Ana) a alguns antropónimos e na ligação de alguns antropónimos (ex.: Nun'Álvares);
c) na elisão da vogal -e da preposição de em algumas palavras compostas, na maioria das vezes com a palavra água (ex.: copo-d'água, lobo-d'alsácia, mãe-d'água, pau-d'arco, queda-d'água, vinha-d'alhos).