PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

parca

modesto | adj.

Que tem ou revela modéstia....


cheio | adj. | n. m.

Que tem dentro tanto quanto pode conter....


parka | n. f.

Casaco de pele ou de material impermeável, geralmente pelo meio da coxa ou pelo joelho, que protege do frio e da chuva....


parcimónia | n. f.

Acto de poupar, de economizar, de despender moderadamente....


curto | adj. | n. m.

Que tem escasso comprimento (ex.: gosta de ter o cabelo curto; o caminho é curto)....


diminuto | adj.

Que é muito pequeno (ex.: espaço diminuto)....


escassear | v. tr. | v. intr.

Dar com escassez, ser parco de....


parco | adj.

Que vive com parcimónia....


porco | n. m. | adj. n. m.

Mamífero (Sus scrofa) da família dos suídeos....


parvo | adj. n. m. | adj.

Que ou quem tem dificuldades no raciocínio ou é considerado demasiado ingénuo (ex.: que gata tão parva; esse sujeito é um parvo que não admite ser contrariado)....


parca | n. f.

Cada uma das três divindades (Cloto, Láquesis e Átropos) que, na mitologia clássica, presidiam à duração da vida e determinavam o destino dos humanos. (Mais usado no plural e geralmente com inicial maiúscula.)...


parca | n. f.

Casaco de pele ou de material impermeável, geralmente pelo meio da coxa ou pelo joelho, que protege do frio e da chuva (ex.: parca branca com carapuço)....


parça | n. 2 g.

Pessoa que é companheira ou camarada de outra (ex.: eles e os parças estão sempre em festas por aí; eu e a minha parça no trabalho)....


módico | adj. | n. m.

Que tem pouco valor ou importância (ex.: módica quantia; número módico; preço módico)....



Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Em uma determinada frase foi usado: "Em acontecendo que o caso seja revisto..... "
Esta construção da frase acima está correta?
No português contemporâneo, a construção com o gerúndio antecedido da preposição em é possível, apesar de relativamente rara.

Esta construção é enfática, não acrescenta nenhuma informação ao uso do gerúndio simples. É possível encontrá-la com uma função adverbial, geralmente para indicar simultaneidade ou anterioridade imediata (ex.: em chegando o tempo quente, vamos à praia), ou ainda para indicar um valor condicional (ex.: em querendo [= se ele quiser], ele consegue; em sendo necessário [= se for necessário], eu venho cá ajudar).


Ver todas