PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

anunciar

fatícano | adj.

Que anuncia o futuro, que profetiza....


Palavras com que, no teatro antigo, se anunciava o fim da representação; foram também as últimas palavras de Augusto antes de expirar....


Aplica-se geralmente esta frase por gracejo, para anunciar algum acontecimento extraordinário....


Fórmula com que se anuncia à multidão que está eleito um novo Papa....


Que se autoproclamou ou resultou de uma autoproclamação; que foi anunciado publicamente como decisão unilateral (ex.: governo autoproclamado)....


fando | adj.

Que se pode dizer; de que se pode falar....


vixit | interj.

Fórmula com que os romanos anunciavam a morte de alguém....


Expressão de Tácito, anunciando que escrevera sine ira et studio a história dos acontecimentos já nele distantes, usada para indicar o que devem ser as qualidades de historiadores, jornalistas, comentadores ou analistas....


bando | n. m.

Grupo de pessoas para um fim comum....


banha | n. f.

Gordura animal, em especial a do porco....


trindade | n. f. | n. f. pl.

Toque ou conjunto de badaladas para anunciar essa reza ou chamar os fiéis a rezar as ave-marias....


endeixa | n. f.

O mesmo que endecha....


ameaça | n. f.

Palavra ou gesto que anuncia a alguém o mal que lhe queremos fazer....


cartel | n. m.

Carta ou mensagem de desafio ou de provocação; repto escrito....


cuquiada | n. f.

Vozes com que a maruja anunciava a aproximação de terra; vozearia....


endecha | n. f.

Composição poética, fúnebre ou triste, geralmente em quadras de cinco ou seis sílabas....


preposto | adj. | n. m.

Que se prepôs....



Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Por que motivo algumas palavras fazem o diminutivo com S e outras com Z?
Entre os sufixos mais produtivos para a formação de diminutivos encontram-se -inho e -zinho. Desta forma, poderá, por exemplo, formar as palavras livrinho (livro + -inho) e livrozinho (livro + -zinho). Só poderá haver um -s- num diminutivo se a palavra primitiva já o contiver, pois não há, em português, um sufixo -sinho. Por exemplo, nas palavras adeusinho ou vasinho há um -s- porque as palavras são formadas de adeus ou vaso + -inho.

Ver todas