Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
trindadetrindade | s. f. | s. f. pl.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

trin·da·de trin·da·de
(latim trinitas, -atis)
substantivo feminino

1. [Religião]   [Religião]  União de três pessoas distintas num só Deus. (Com inicial maiúscula.)

2. [Religião]   [Religião]  Domingo imediato ao do Pentecostes. (Com inicial maiúscula.)

3. [Religião]   [Religião]  Designação de uma ordem religiosa. (Com inicial maiúscula.)

4. Divindade tríplice. (Geralmente com inicial maiúscula.)

5. [Figurado]   [Figurado]  Grupo de três pessoas ou coisas semelhantes.


trindades
substantivo feminino plural

6. Hora da tarde em que se rezam as ave-marias.

7. Toque ou conjunto de badaladas para anunciar essa reza ou chamar os fiéis a rezar as ave-marias. = ÂNGELUS, AVE-MARIAS

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "trindade" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Lendo um livro de História da Sociedade Brasileira, deparei-me com a seguinte afirmação: O Brasil perdia o direito de "asiento". Recorri ao dicionário mas nada encontrei, a respeito dessa palavra. Vossa Senhoria pode me dizer o significado?
A palavra espanhola asiento é usada em textos de História para designar um tratado ou acordo através do qual um grupo de comerciantes recebia da coroa espanhola uma rota comercial ou o monopólio de um produto. Eram muito lucrativos os asientos para o tráfico de escravos, motivo pelo qual estes são os mais conhecidos, nomeadamente o direito de asiento concedido por Espanha aos negreiros portugueses para comércio de escravos para a América durante o domínio filipino (principalmente entre 1595 e 1640), ou, antes disso, os asientos de Manuel Caldeira (1513-1593), por exemplo, ou ainda o direito de asiento concedido por 30 anos a Inglaterra no fim da Guerra da Sucessão Espanhola.



Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".

pub

Palavra do dia

o·fu·ro o·fu·rô
(do japonês)
substantivo masculino

Banheira funda, geralmente circular, feita de madeira ou de outros materiais, que permite banhos quentes de imersão.


• Grafia no Brasil: ofurô.

• Grafia no Brasil: ofurô.

• Grafia em Portugal: ofuro.

• Grafia em Portugal: ofuro.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/trindade [consultado em 12-12-2019]