Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
vidavida | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

vi·da vi·da
substantivo feminino

1. O período de tempo que decorre desde o nascimento até à morte dos seres. = EXISTÊNCIA

2. Determinada fase desse período.

3. Modo de viver.

4. Comportamento.

5. Ocupação, profissão, carreira.

6. Princípio de existência, de força, de entusiasmo, de actividade (diz-se das pessoas e das coisas).

7. Fundamento, essência; causa, origem.

8. Biografia.


ir à vida
[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Ficar destruído ou estragado (ex.: os óculos foram à vida).

[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Deixar de existir (ex.: o dinheiro já foi à vida). = DESAPARECER

má vida
Vida de ócio ou de vadiagem.

[Depreciativo]   [Depreciativo]  Prostituição.

passar a vida
Usa-se seguido da preposição a e infinitivo, de gerúndio ou de preposição e sintagma nominal, para indicar continuidade da acção (ex.: passam a vida a reclamar; passam a vida jogando golfe; passas a vida na farra; passa a vida de baixa).

puxa vida
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Expressão designativa de espanto, irritação ou impaciência. = POÇA, POXA, PUXA

vida airada
[Informal]   [Informal]  Vida desregrada de estroina ou vagabundo. = VAGABUNDAGEM, VIDAIRADA

vida civil
Os direitos civis.

vida de relação
[Biologia]   [Biologia]  Funções que põem o ser vivo em comunicação com o mundo exterior.

vida eterna
Vida futura, a outra vida, a existência espiritual depois da morte.

A bem-aventurança, a glória eterna.

vida flauteada
Vida simplificada, sem preocupações nem trabalhos.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "vida airada" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


A minha dúvida é como se escreve correctamente esquece e comece, o c é com cedilha ou sem cedilha?
Como pode verificar no capítulo Sinais ortográficos da Gramática do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a cedilha apenas se coloca sob o c antes das vogais a, o ou u e nunca antes de e ou i. De acordo com esta regra, as formas correctas são esquece e comece.



A palavra secção nos novos dicionários de várias editoras sofre alteração e passa a ser seção depois de aplicado o Acordo Ortográfico e não tem as duas grafias. No vosso conversor, secção não é convertida para seção. De qualquer maneira não faz nenhum sentido retirar o c à palavra secção e confunde-se com a palavra sessão na expressão oral, só se conseguindo distinguir na escrita. Como é que se pode explicar isto? Este acordo ortográfico não faz sentido nenhum nem sequer consigo entender como ninguém faz mais nada.
Como previsto pelo texto do Acordo Ortográfico de 1990, as duplas grafias são aceites pelo corrector ortográfico em casos em que a chamada "norma culta" hesita entre a prolação e o emudecimento das consoantes c e p. A "norma culta", que o texto legal tantas vezes invoca como critério para aproximar a grafia da pronúncia, é difícil de aferir, pelo que, para as opções do corrector ortográfico, a Priberam levou em consideração a transcrição fonética ou as indicações de ortoépia registadas em dicionários e vocabulários.

A grafia da palavra secção não sofre alteração com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, uma vez que, na norma europeia do português, o -c- é pronunciado, como poderá verificar pela consulta de dicionários ou vocabulários com transcrição fonética ou ortoépica, nomeadamente no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa ou no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Este caso é semelhante a outros em que a consoante é pronunciada (ex.: adaptar, facto, intelectual, pacto) e que, consequentemente, não sofrem alteração no português europeu com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990.

A pronúncia se[s]ão não corresponde a uma articulação usual no português europeu, mas sim no português do Brasil, onde a grafia seção é a mais usual e coexiste com a grafia secção, correspondendo cada grafia a uma pronúncia diferente.

Estas diferenças de pronúncia entre a norma europeia do português e a norma brasileira originam que, mesmo com a aplicação do Acordo Ortográfico, sejam privilegiadas grafias diferentes em cada uma das normas (ex.: académico, facto e receção, na norma europeia; acadêmico, fato e recepção, na norma brasileira).

pub

Palavra do dia

ir·ri·são ir·ri·são
(latim irrisio, -onis)
substantivo feminino

1. Atitude ou dito em relação a algo ou alguém com intenção de provocar o riso. = CHACOTA, ESCÁRNIO, MOFA, ZOMBARIA

2. [Por extensão]   [Por extensão]  Alvo dessa atitude ou dito que pretende provocar o riso.

3. Acontecimento que provoca riso de ironia ou de escárnio.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/vida%20airada [consultado em 18-10-2019]