PT
BR
Pesquisar
Definições



tremó

Será que queria dizer tremo?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
tremótremó
( tre·mó

tre·mó

)
Imagem

Mesa e espelho que se põem no pano de uma parede entre duas janelas.


nome masculino

1. Mesa e espelho que se põem no pano de uma parede entre duas janelas.Imagem

2. Espaço de parede que está entre duas janelas ou dois vãos.Imagem = PANO

sinonimo ou antonimoSinónimoSinônimo geral: TRUMÓ

etimologiaOrigem etimológica:francês trumeau.
Confrontar: trenó.

Auxiliares de tradução

Traduzir "tremó" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



Ao fazer a pesquisa do termo prescindir, observei que constava como verbo intransitivo. Pesquisei, no entanto, no dicionário Aurélio e constava como verbo transitivo. Gostaria de alertar para esse possível erro.
Apesar de, actualmente, o verbo prescindir dever ser considerado um verbo transitivo indirecto, como faz o Aurélio, a classificação mais tradicional em dicionários portugueses (diferentemente de dicionários brasileiros como o Aurélio ou o Houaiss) é classificar verbos com regência de proposições que não sejam a (como "entregar a") como intransitivos (como é o caso de "prescindir de"). Em casos semelhantes, é normal encontrar discrepâncias entre dicionários portugueses e brasileiros, sendo a classificação dos segundos geralmente mais rigorosa.



Gostaria de saber qual a associação correcta de artigos à palavra "afia" e a justificação para tal. Será "o afia" ou "a afia"?
A palavra afia, redução do nome masculino afia-lápis e sinónimo de apara-lápis, apenas se encontra registada no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, estando classificada como substantivo masculino (ex: o afia tem as lâminas gastas). No entanto, pesquisas em corpora e motores de pesquisa da Internet permitem verificar que esta palavra é considerada por alguns falantes como substantivo feminino (ex.: queria comprar uma afia de plástico), o que pode ser explicado por uma regularização feita por analogia com as restantes palavras graves terminadas em -ia (ex.: academia, energia, geografia, monarquia, olaria), que são geralmente femininas.