Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

trabalho

trabalhotrabalho | n. m. | n. m. pl.
1ª pess. sing. pres. ind. de trabalhartrabalhar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tra·ba·lho tra·ba·lho


(derivação regressiva de trabalhar)
nome masculino

1. Acto de trabalhar.

2. Qualquer ocupação física ou intelectual (ex.: trabalho manual).

3. Actividade profissional regular e remunerada (ex.: vai começar o novo trabalho na próxima semana; o trabalho de treinador não é fácil). = EMPREGO, OCUPAÇÃO, OFÍCIO, PROFISSÃO

4. Local onde se exerce essa actividade profissional (ex.: almoçamos no trabalho). = EMPREGO, SERVIÇO

5. Período durante o qual se desempenha essa actividade profissional (ex.: combinaram um copo depois do trabalho).

6. Conjunto de tarefas que constituem a obrigação ou o papel que alguém deve desempenhar (ex.: o atendimento ao público não faz parte do trabalho deles). = FUNÇÃO, INCUMBÊNCIA, SERVIÇO

7. Cuidado que se emprega na feitura de uma obra. = ESMERO

8. Coisa feita, que se faz ou que está para se fazer. = OBRA

9. Esforço intenso. = FAINA, LABUTAÇÃO, LIDA

10. Modo de executar uma tarefa, de realizar algo.

11. Acção contínua da força de um elemento ou fenómeno da natureza (ex.: as grutas resultam do trabalho da erosão ao longo dos anos).

12. [Biologia, Medicina]   [Biologia, Medicina]  Fenómeno da vitalidade dos órgãos.

13. [Física]   [Física]  Produto da intensidade de uma força pela distância percorrida pelo ponto de aplicação da força na direcção desta.

14. [Ocultismo]   [Ocultismo]  Ritual feito para pedir protecção ou favores (ex.: trabalho de macumba).


trabalhos
nome masculino plural

15. Conjunto de exames, discussões e deliberações de uma corporação, repartição, etc.

16. Conjunto de situações que preocupam ou afligem.


dar trabalho
Admitir como funcionário; dar emprego. = EMPREGAR

Exigir atenção ou esforço.

Causar preocupações, transtornos.

dar-se ao trabalho
Dedicar grande esforço ou atenção na realização de algo. = EMPENHAR-SE

trabalho de casa
Tarefa ou exercício que um professor indica aos alunos para ser feito fora das aulas, geralmente em casa. (Mais usado no plural.) = DEVER

trabalho de sapa
[Militar]   [Militar]  Tarefa de abrir fossos, trincheiras, caminhos subterrâneos.

Trabalho ardiloso e oculto. = ARDIL, TRAMA

trabalho forçado
Pena, que consiste na realização de trabalhos físicos, a que são condenados réus de crimes graves. (Mais usado no plural.)

trabalho híbrido
[Administração]   [Administração]  Modelo de trabalho flexível em que os funcionários trabalham um certo número de dias no seu local físico de trabalho e os restantes remotamente (ex.: empresas apostam mais no trabalho híbrido).

trabalho para casa
O mesmo que trabalho de casa.


tra·ba·lhar tra·ba·lhar

- ConjugarConjugar

(latim *tripaliare, torturar com instrumento de tortura tripálio, de tripalis, -e, que tem três estacas)
verbo transitivo

1. Dar determinada forma a (ex.: trabalhar a madeira).

2. Fazer ou preparar algo para determinado fim (ex.: trabalhar a terra).

3. Rever ou refazer com cuidado (ex.: trabalhar o texto). = APERFEIÇOAR, LIMAR

4. Treinar ou exercitar para melhorar ou desenvolver (ex.: trabalhar os músculos).

5. Causar preocupação ou aflição. = ATORMENTAR, INQUIETAR, PREOCUPAR, RALAR

verbo transitivo e intransitivo

6. Fazer esforço para algo. = EMPENHAR-SE, DILIGENCIAR, LIDAR, PROCURAR

7. Exercer uma actividade profissional (ex.: trabalhamos na construção civil; esteve desempregado, mas já está a trabalhar).

verbo intransitivo

8. Fazer algum trabalho ou tarefa (ex.: vou para casa trabalhar).

9. Formar ideias ou fazer reflexões. = COGITAR, MATUTAR, PENSAR

10. Estar em funcionamento. = FUNCIONAR, MOVER-SE

Confrontar: trebelhar.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "trabalho" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Dúvidas linguísticas


Devemos dizer Ajude as pessoas a manterem a calma ou Ajude as pessoas a manter a calma?
Como já referimos na resposta infinitivo em orações adverbiais finais, quando na oração subordinada infinitiva há um sujeito diferente do sujeito da oração principal, deve ser utilizado o infinitivo pessoal ou flexionado. Por este motivo, e visto que na frase que menciona há dois sujeitos diferentes ([você] Ajude as pessoas a manterem a calma), deverá utilizar a forma verbal manterem, que corresponde à terceira pessoa do plural do infinitivo pessoal do verbo manter.



Recebi a correção de um texto que fiz para minha prova de redação e foram reportados 2 erros apenas.

1º “erro”: Precisava descrever o fato de não abuso e utilizei-me da construção de uma palavra prefixada por in-, levando em conta que o mesmo atendia minha necessidade para a construção, resultando no termo inabusivo. No contexto era necessário concordar em gênero e número, obtendo assim inabusivas. Estaria incorreto?

2º “erro”: Utilizei o termo profícuo na seguinte frase: “Questão de caráter complexo e de difícil solução profícua...”. Sinceramente, acredito que a professora realmente não compreendeu o significado do termo e ou até o desconhece visto que ela não reportou erro de redundância (onde uma vez pensei que toda solução fosse profícua, mas logo discordei pois é possível uma solução não ser vantajosa) ou qualquer outro tipo de erro possível.

Para os dois “erros” ela escreveu apenas o seguinte comentário: “Evite termos difíceis, fale fácil!”. Minha composição nesses casos está correta?

Os dados que nos fornece relativamente ao primeiro “erro” assinalado não são suficientes para emitir opiniões sobre a sua (in)correcção. O que lhe podemos indicar é que o adjectivo inabusivo não se encontra averbado pelos principais dicionários de língua. Ainda assim, inabusivo obedece às regras de boa formação morfológica, tal como outros casos atestados lexicograficamente: inactivo, inafectivo, inafirmativo, etc.

Quanto ao segundo “erro” assinalado, o que parece causar estranheza nessa construção é a dupla adjectivação da palavra solução (“difícil solução profícua”), que dificulta a interpretação desse sintagma e, por conseguinte, de toda a frase. Se utilizarmos apenas o primeiro adjectivo, como em “Questão de carácter complexo e de difícil solução.”, verificamos que a frase se torna mais clara. Deve ter sido por essa razão que o comentário registado na sua redacção pedia para evitar termos difíceis, dado que, neste caso, turva o sentido que se pretende transmitir. O uso de termos “difíceis”, característicos de um registo de língua mais formal, não é, porém, condenável, é opcional, sendo sobretudo uma questão de estilo. O que convém não fazer é utilizar abusivamente esses termos em contextos não formais, o que pode dar uma falsa ideia de erudição.


pub

Palavra do dia

his·so·po |ô|his·so·po |ô|


(latim hyssopum, -i)
nome masculino

[Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea aromática (Hyssopus officinalis), da família das labiadas, usada em medicina e perfumaria.

Plural: hissopos |ô|.Plural: hissopos |ô|.
Confrontar: hissope.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/trabalho [consultado em 08-02-2023]