PT
BR
Pesquisar
Definições



rolar

A forma rolarpode ser[verbo intransitivo e pronominal], [verbo intransitivo], [verbo transitivo e intransitivo] ou [verbo transitivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
rolar1rolar1
( ro·lar

ro·lar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fazer girar. = RODAR

2. Fazer avançar uma coisa, obrigando-a a dar voltas sobre si mesma.

3. Cortar em rolos ou toros (uma árvore).

4. Cortar rente (uma árvore).


verbo intransitivo e pronominal

5. Avançar, girando sobre si mesmo; rebolar-se.

6. Cair, dando voltas.

7. Redemoinhar, encapelar-se (o mar, as ondas).

8. Ecoar (um som, como produzido por movimento rotatório).

9. [Náutica] [Náutica] Descair (a embarcação) para sotavento, deslocando obliquamente o rumo.


verbo intransitivo

10. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Acontecer (ex.: rolou confusão?).

etimologiaOrigem etimológica:francês rouler.
rolar2rolar2
( ro·lar

ro·lar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

1. Fazer o seu som característico (a rola, o pombo, etc.). = ARROLAR, ARRULHAR


verbo transitivo e intransitivo

2. Exprimir ou exprimir-se com meiguice.

etimologiaOrigem etimológica:rola + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "rolar" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Como se deve dizer? Filhó (singular) Filhós (plural) ou Filhós (singular) Filhoses (plural)?
A palavra filhós, por analogia com palavras terminadas pelo mesmo som (ex.: retrós, voz), forma o plural filhoses (ex.: escolheu a filhós mais pequena; as filhoses ainda estão quentes). Trata-se de uma variante da palavra filhó que, por sua vez, forma o plural filhós (ex.: a filhó é um doce típico do Natal; comeu duas filhós). Ao processo de uma forma plural passar a ser empregue para designar também o singular, Evanildo Bechara dá o nome de "plural cumulativo" (ver Moderna Gramática Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002, pp. 128-129). O mesmo fenómeno acontece com os substantivos ilhó e ilhós, eiró e eirós, lilá e lilás, por exemplo.

Apesar de alguns autores condenarem o uso da forma filhós para designar o singular, a mesma e o respectivo plural filhoses surgem atestados nas principais obras lexicográficas de língua portuguesa, como o Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001 / Lisboa: Círculo de Leitores, 2002).




Gostaria de saber a vossa definição da palavra antropofágico e gostaria também que me dessem um exemplo de como a palavra escatológico pode ser usada com vários sentidos.
O adjectivo antropofágico designa o que é relativo a antropofagia ou a antropófago (cujas definições poderá encontrar no Dicionário da Língua Portuguesa On-line, seguindo as hiperligações) e pode, na maioria dos contextos, ser sinónimo de canibalesco.

O adjectivo escatológico diz respeito a escatologia, mas, atendendo a que esta palavra corresponde a dois homónimos (isto é, palavras que se escrevem e lêem de maneira igual, mas que têm significados e etimologias diferentes), pode ter significados diferentes consoante os contextos. Por exemplo, humor escatológico poderá dizer respeito ao humor feito com recurso a alusões aos excrementos e necessidades fisiológicas; por outro lado, filosofia escatológica poderá dizer respeito à filosofia que trata do que pode acontecer no fim do mundo ou no fim dos tempos.