PT
BR
Pesquisar
Definições



ripa

A forma ripapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de riparripar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de riparripar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
ripa1ripa1
( ri·pa

ri·pa

)
Imagem

Tira comprida e estreita de madeira.


nome feminino

1. Tira comprida e estreita de madeira.Imagem = FASQUIA, SARRAFO

2. [Brasil: Norte] [Brasil: Norte] Pau cilíndrico e mais grosso numa das pontas, usado geralmente para golpear. = CACETE

3. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Aguardente de cana. = CACHAÇA


meter a ripa em

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Bater, surrar. = RIPAR

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Falar mal de alguém ou de algo. = ARRASAR, RIPAR

ripa na chulipa

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] [Futebol] [Futebol]  Pontapé na bola. = CHUTO

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Chuto, pancada, soco.

etimologiaOrigem etimológica:origem duvidosa, talvez do gótico *ribjô, costela.
ripa2ripa2
( ri·pa

ri·pa

)


nome feminino

[Agricultura] [Agricultura] Acto de ripar o linho. = RIPADURA

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de ripar.
ripa3ripa3
( ri·pa

ri·pa

)


nome feminino

[Antigo] [Antigo] O mesmo que riba.

etimologiaOrigem etimológica:latim ripa, -ae, margem de rio, costa marítima.
ripar1ripar1
( ri·par

ri·par

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Gradear com ripas (ex.: mandou ripar a entrada da casa).

2. Pregar ripas em (ex.: riparam algumas partes do telhado).

3. Cortar ou serrar, formando ripas (ex.: é preciso ripar mais uma tábua).

4. Cortar, puxando e arrancando pequenos pedaços (ex.: ele ripou as folhas da alface e temperou a salada).

5. [Agricultura] [Agricultura] Separar a baganha do linho (ex.: ripavam o linho logo depois de colhido). = RIPANÇAR

6. [Agricultura] [Agricultura] Raspar ou limpar a terra com o ripanço (ex.: ainda falta ripar o quintal).

7. Colher folhas ou frutos passando a mão quase fechada ao longo dos ramos (ex.: ripar uvas).

8. Esticar uma porção de cabelo e penteá-la da ponta para a raiz, para criar um efeito de volume (ex.: evite ripar o cabelo muitas vezes).

9. [Antigo, Regional] [Antigo, Portugal: Regionalismo] Puxar ou arrancar os cabelos.

10. Desviar uma estrutura ou construção do alinhamento que tem, para lhe dar outro (ex.: por uma questão de segurança, os projectistas decidiram ripar o eixo da via).

11. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Bater, espancar.

12. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Falar mal de algo ou de alguém. = DESANCAR

13. [Brasil] [Brasil] Cortar cerce as crinas ao cavalo.

14. Furtar, surripiar, bifar.


verbo intransitivo

15. [Antigo] [Antigo] Deitar a mão, tirando com força.

etimologiaOrigem etimológica:ripa + -ar.
ripar2ripar2
( ri·par

ri·par

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

[Informática] [Informática] Fazer cópia, geralmente ilegal, do conteúdo digital de um suporte electrónico para outro (ex.: ripar um CD para o computador).

etimologiaOrigem etimológica:inglês [to] rip, rasgar, arrancar, dividir em partes.

Auxiliares de tradução

Traduzir "ripa" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Ao utilizar o vosso dicionário, obtive o seguinte resultado para a palavra amoníaco: do Lat. ammoniacu < Gr. ammoniakón s. m., gás incolor, de cheiro intenso, sabor acre e com efeitos lacrimogéneos; gás composto de azoto e hidrogénio, que se encontra na urina e nas matérias em decomposição. A partir de lacrimogéneos obtive: masc. plu. de lacrimogéneo, do Lat. lacrima + Gr. gen, r. de gígnomai, gerar. No entanto a palavra lacrimogéneo não aparece no vosso dicionário, mas sim lacrimogénio (com i em vez de e): adj., que provoca ou produz lágrimas; que faz chorar. Assim, gostaria de saber se existem as duas formas ou se uma se encontra errada.
Como muito bem observou, a informação disponibilizada não é coerente. De facto, não se pode dizer que a forma lacrimogénio seja errada, mas, sendo possível, é uma variante de lacrimogéneo, menos usada e praticamente não registada em dicionários e vocabulários de língua portuguesa.

O DPLP deveria ter registado a entrada lacrimogéneo (e lacrimogénio, a ser registado, deveria remeter para lacrimogéneo, sendo esta última a forma preferencial).




Não será a palavra revivalismo portuguesa? Porque não existe no dicionário? Será um estrangeirismo? Mas quantos não foram já "absorvidos" por tão correntes no português escrito e falado?
A palavra revivalismo, apesar de não se encontrar na nomenclatura do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, encontra-se registada noutros dicionários de língua portuguesa como, por exemplo, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, Lisboa, 2001). Deriva da palavra inglesa revivalism e refere-se ao ressurgimento de ideias, modas ou tendências que fizeram parte do passado.