PT
BR
Pesquisar
Definições



caibro

A forma caibropode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de caibrarcaibrar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
caibrocaibro
( cai·bro

cai·bro

)
Imagem

ConstruçãoConstrução

Cada um dos paus grossos que ligam o frechal à cumeeira do telhado e sobre os quais assentam as ripas.


nome masculino

1. [Construção] [Construção] Cada um dos paus grossos que ligam o frechal à cumeeira do telhado e sobre os quais assentam as ripas.Imagem

2. [Construção] [Construção] Cada uma das peças de madeira longas sobre que assenta um soalho ou um forro. = BARROTE

3. Cada um dos barrotes que formam a latada.

4. Cada uma das peças da roda do carro separadas pelo meão.

5. [Brasil] [Brasil] Um par de quaisquer objectos.

6. Par de espigas de milho ligadas pela própria palha.

etimologiaOrigem etimológica:latim capreus, -a, -um, caprino.
caibrarcaibrar
( cai·brar

cai·brar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Pôr caibros em.



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta: frequência do quarto ou frequência no quarto ano?
O substantivo frequência é geralmente seguido da preposição de (ou das suas contracções), como indica o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjectivos (25.ª ed., São Paulo: Globo, 2000), de Francisco Fernandes, e como atestam pesquisas efectuadas em corpora e em motores de busca da Internet.



Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.