Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

resumir

resumirresumir | v. tr. | v. pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

re·su·mir re·su·mir

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Abreviar; sintetizar.

2. Recopilar.

3. Condensar.

4. Reduzir.

5. Restringir.

verbo pronominal

6. Reduzir-se a menores proporções.

7. Encerrar-se; limitar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "resumir" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

É mais prático resumir -lhe os exemplos flagrantes..

Em O INDEFECTÍVEL

Também a forma do filme de organizar com demasiados flashbacks que tentam resumir tudo antes ate ao ponto em que nos encontramos, até poderia ser uma solução...

Em Bateman's critics

“A discussão sobre acessibilidade para a pessoa com deficiência não deve se resumir à questão urbanística e arquitetônica..

Em Caderno B

2 "Foi uma vitória importante num jogo muito difícil", começou por resumir , Roger Schmidt..

Em O INDEFECTÍVEL

Situação emergencial Saída para alijamento em um Airbus A340 Para resumir , o ato de despejar combustível é uma maneira simples de fazer com que...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se está correcta a repetição da preposição pelo na formulação a seguir: No quadro do seu périplo pelo Ruanda, pelo Burundi, pela RD Congo e pela Tanzânia, o fulano vai encontrar-se com o sicrano.
Não há nenhuma incorrecção na repetição da contracção pelo/pela na frase que refere. Pelo contrário, alguns gramáticos recomendam inclusivamente que, numa enumeração de substantivos, se for utilizado o artigo definido antes do primeiro, devem ser utilizados artigos definidos antes dos restantes substantivos (cf. CUNHA e CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: João Sá da Costa, 14ª ed., 1998, p.235). Isto aplica-se nesta frase, pois pelo/pela são contracções da preposição por com os artigos definidos o/a.



No âmbito do meu trabalho surgiu-me uma dúvida na aplicação do Novo Acordo Ortográfico. Agradecia que me ajudassem. Segundo as regras a palavra “Egipto” deveria manter-se como tal pois o “p” sempre se leu, correto? A minha dúvida é que há vários meios de comunicação a falar “Egito” mas depois mantêm palavras com “Egípcios”, etc. Outra possibilidade é que na palavra em questão seja aceite a dupla grafia, mas mesmo assim seria o mais correto mantermos o “Egipto”, não?
A alínea b) do ponto 1.º da Base IV do Acordo Ortográfico de 1990 refere explicitamente o topónimo Egipto como uma das palavras em que o p se elimina porque “o c, com valor de oclusiva velar, das sequências interiores cc (segundo c com valor de sibilante), e ct, e o p das sequências interiores pc (c com valor de sibilante), e pt” se eliminam “nos casos em que são invariavelmente mudos nas pronúncias cultas da língua: ação, acionar, afetivo, aflição, aflito, ato, coleção, coletivo, direção, diretor, exato, objeção; adoção, adotar, batizar, Egito, ótimo” (o destaque é nosso).

Assim sendo, Egipto deverá passar a ser grafado Egito, porque o Acordo Ortográfico considera que o p dessa palavra nunca se pronuncia, ainda que seja notória a oscilação entre a pronúncia e o emudecimento dessa letra entre os falantes do português europeu. Uma vez que o p de egípcio e das suas flexões (egípcios, egípcia, egípcias) é sempre pronunciado, nestes casos não há alteração de grafia, ainda que possa parecer que se institui uma contradição entre a grafia do nome do país (Egito) e a do seu gentílico (egípcio).

A "Nota Explicativa" (ponto 4.3 – Incongruências aparentes) relativa à Base IV tenta justificar a divergência ortográfica entre estas palavras, afirmando que “a aplicação do princípio, baseado no critério da pronúncia, de que as consoantes c e p em certas sequências consonânticas se suprimem, quando não articuladas, conduz a algumas incongruências aparentes [...] De facto, baseando-se a conservação ou supressão daquelas consoantes no critério da pronúncia, o que não faria sentido era mantê-las, em certos casos, por razões de parentesco lexical”.

pub

Palavra do dia

me·lo·fi·li·a me·lo·fi·li·a


(melo- + -filia)
nome feminino

Gosto pela música. = MELOMANIA, MUSICOFILIA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/resumir [consultado em 01-10-2022]