Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

reptado

reptadoreptado | adj.
masc. sing. part. pass. de reptarreptar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

reptado reptado


adjectivo
adjetivo

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)

rep·tar |èpt|rep·tar |èpt|1

- ConjugarConjugar

(latim reputo, -are, calcular, meditar, ponderar)
verbo transitivo

1. Provocar para duelo ou disputa. = DESAFIAR

2. Estar em oposição a. = OPOR-SE


rep·tar |èpt|rep·tar |èpt|2

- ConjugarConjugar

(latim repto, -are)
verbo intransitivo

Andar de rastos. = ARRASTAR-SE, RASTEJAR

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

criminosos, vê-se o Clube da Madrugada, reptado a sobrepujá-las, afirmando-se dentro de seus princípios sadios de renovação, pelos quais luta numa...

Em catadordepapeis.blogspot.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




Como se deve escrever o nome desta localidade algarvia: Estói ou Estoi? O novo acordo ortográfico altera a escrita desta palavra?
Estói é a grafia registada no Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), obra que é tomada como referência principal em questões de ortografia portuguesa de norma europeia. Por outro lado, José Pedro Machado, outra grande referência para a ortografia portuguesa, no seu Grande Vocabulário da Língua Portuguesa (Lisboa: Âncora Editora, 2001) e no Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa (Lisboa: Livros Horizonte, 2003) regista a grafia Estoi, aparentemente corrigindo Rebelo Gonçalves, cujas opções respeita as mais das vezes.

Para facilitar a resposta a esta questão, pode dizer-se que a Lei n.º 32/2005, de 28 de Janeiro, alterou a denominação oficial da povoação e a freguesia de Estói, que passou a denominar-se Estoi. Esta era uma pretensão de alguns dos seus naturais e habitantes, uma vez que estes pronunciam o ditongo -oi- fechado (ôi) e não aberto (ói).

O Acordo Ortográfico de 1990 nada altera na grafia deste topónimo.

pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/reptado [consultado em 21-10-2021]