PT
BR
Pesquisar
Definições



pisco

A forma piscopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de piscarpiscar], [adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino], [adjectivoadjetivo] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
pisco1pisco1
( pis·co

pis·co

)


adjectivoadjetivo

1. Que pisca muito, por hábito. = PISQUEIRO

2. Que está entreaberto.


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

3. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Que ou quem vê mal ao longe. = MÍOPE

4. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Que ou quem come pouco ou não come de tudo. = BIQUEIRO


nome masculino

5. [Ornitologia] [Ornitologia] Pássaro dentirrostro.


comer como um pisco

[Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Comer muito pouco.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de piscar.
pisco2pisco2
( pis·co

pis·co

)


nome masculino

Tipo de aguardente vínica.

etimologiaOrigem etimológica:espanhol pisco, de Pisco, topónimo.
piscarpiscar
( pis·car

pis·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fechar e abrir rapidamente um olho ou os olhos.


piscar alguém

Olhar para alguém, piscando os olhos, ou dar-lhe sinal por esse modo.

Auxiliares de tradução

Traduzir "pisco" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Uma vez, conversando com uma pessoa que eu não conheço na Internet, ele me disse a seguinte frase: "... não faça pré-concepções prematuras". Ele quis dizer para eu não criar uma imagem dele sem conhecê-lo. Achei isso um pleonasmo. Ele disse que não, pois indica que eu fiz uma concepção antecipada e fora do tempo. Mesmo sendo estranho a pronúncia ele estava certo?
Uma pré-concepção (ou preconceito) é um conceito criado previamente ou sem fazer um exame. No entanto, isto não quer dizer que seja necessariamente prematuro, pois este adjectivo indica que foi feito antes do tempo próprio (se se entender que pode haver um tempo próprio para fazer preconcepções). Apesar de a expressão "preconcepção prematura" poder parecer pleonástica, não o é necessariamente.



Porque é que há uma insistência tão grande em dizer deslargar, destrocar, etc? Há alguma razão que eu desconheça? Na minha modesta opinião estas palavras são insultos à nossa bela língua portuguesa. Estarei certa?
O prefixo des-, para além de exprimir as noções de afastamento (ex.: desabafar, deslocar), negação ou privação (ex.: desacordar, desagradável), cessação (ex.: desimpedir, desacelerar) ou separação (ex.: descascar, desfolhar), é também utilizado na língua portuguesa como partícula de reforço. Assim, poderá encontrar em dicionários de português palavras como desabalar, destrocar ou desinquieto, registadas devido à sua frequência, apesar de serem geralmente aceitáveis apenas em contextos mais informais e na oralidade. O falante deverá sempre adequar a utilização destas palavras ao nível de língua apropriado.

Existem outros prefixos na língua com esta função de reforço. São os chamados prefixos protéticos, porque não acrescentam valores semânticos às palavras às quais se apõem (ex.: amostrar, assoprar).