PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

lisonjeado

publícola | n. 2 g.

Aquele que lisonjeia ou ama o povo; democrata....


amouco | n. m. | adj.

Indivíduo que, possuído de fúria desvairada ou desespero, jura vingar-se de ofensa cometida contra ele ou contra alguém a quem está vinculado, sacrificando a própria vida para defesa da honra ultrajada....


manteiga | n. f.

Lacticínio obtido a partir da nata do leite batida....


lisonja | n. f.

Acto ou efeito de lisonjear....


graxa | n. f. | n. m.

Composição à base de cera que serve para conservar e dar lustro ao calçado e a outros objectos....


zumbaia | n. f.

Cortesia profunda....


lisonjaria | n. f.

Acto ou efeito de lisonjear....


lisonjeiro | adj. | n. m.

Que lisonjeia; que emprega a lisonja com fins interesseiros....


marombeiro | adj. n. m.

Que ou aquele que lisonjeia ou adula, com manha ou por interesse....


tagaté | n. m.

Demonstração de afecto feita com a mão....


lisonjeador | adj. n. m.

Que ou aquele que lisonjeia....


apajear | v. tr.

Acompanhar (como pajem)....


bajular | v. tr.

Prestar bajulação a; lisonjear de forma servil....


bajoujar | v. tr.

Lisonjear servilmente....


cortejar | v. tr.

Cumprimentar cortesmente....


honrar | v. tr. | v. pron.

Sentir-se lisonjeado....



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber o porque se usa tanto apartir de ou concerteza sendo que o correto é a partir de e com certeza ?
Este fenómeno acontece frequentemente com locuções muito usuais em que os utilizadores da língua têm dificuldades em identificar as fronteiras das palavras, o que tem como consequência erros ortográficos como apartir de (em vez de a partir de), concerteza (em vez de com certeza) ou derrepente (em vez de de repente).



Por que motivo algumas palavras fazem o diminutivo com S e outras com Z?
Entre os sufixos mais produtivos para a formação de diminutivos encontram-se -inho e -zinho. Desta forma, poderá, por exemplo, formar as palavras livrinho (livro + -inho) e livrozinho (livro + -zinho). Só poderá haver um -s- num diminutivo se a palavra primitiva já o contiver, pois não há, em português, um sufixo -sinho. Por exemplo, nas palavras adeusinho ou vasinho há um -s- porque as palavras são formadas de adeus ou vaso + -inho.

Ver todas