Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

pagara

1ª pess. sing. pret. m.-q.-perf. ind. de pagarpagar
3ª pess. sing. pret. m.-q.-perf. ind. de pagarpagar
Será que queria dizer pagará?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pa·gar pa·gar

- ConjugarConjugar

(latim paco, -are, pacificar, domar, cultivar)
verbo transitivo

1. Dar o preço estipulado por (coisa vendida ou serviço feito).

2. Satisfazer (uma dívida, um encargo).

3. Remunerar, recompensar.

4. Sofrer as consequências (ex.: pagar os erros). = EXPIAR

5. Ser castigado em lugar de outrem (ex.: paga o justo pelo pecador).

6. [Antigo]   [Antigo]  Aplacar, apaziguar.

verbo intransitivo

7. Embolsar alguém do que lhe é devido.

verbo pronominal

8. Descontar (do que se há-de entregar) a parte que é devida.

9. Indemnizar-se.

10. Vingar-se, desforrar-se.


pagar bem
Ser pontual ou generoso no pagamento.

pagar caro
Sofrer consequências pesadas ou graves.

pagar mal
Não ser pontual ou não ser generoso no pagamento.

pagar para ver
Ter dúvidas ou estar incrédulo em relação a algo.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "pagara" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


Acho que se escreve boa fé e má fé e não boa-fé e má-fé, como sugere o dicionário. Estou certo?
A tradição lexicográfica portuguesa consagrou o uso do hífen em boa-fé e em má-fé e são estas grafias que aparecem registadas nas principais obras de referência da língua portuguesa contemporânea, nomeadamente em vocabulários, como o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Ed., 1966) ou o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Ed. Âncora, 2001), e em dicionários, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) ou o Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004).

O uso do hífen é problemático para os utilizadores da língua, pois obedece a regras pouco evidentes e algo contraditórias e é por vezes ditado por uma tradição lexicográfica que os falantes desconhecem. No caso específico de boa-fé, esta dificuldade torna-se evidente numa pesquisa em corpora ou em motores de busca da internet, podendo observar-se a ocorrência da palavra hifenizada a par da locução boa fé, inclusivamente em textos jurídicos. Estes casos, não estando previstos nas bases do Acordo Ortográfico que regulam o uso do hífen, regem-se geralmente pela tradição lexicográfica, motivo pelo qual é aconselhável optar pela grafia boa-fé, atestada na maioria das obras de referência, em detrimento da locução boa fé.




Escreve-se n.º ou nº sem o . (ponto)? E no caso de 1.º ? É possível utilizar as duas formas ou só há uma?
Nem o Acordo Ortográfico de 1990 nem o Acordo Ortográfico de 1945 se pronunciam acerca do uso do ponto ou do traço nestes casos, mas, nos exemplos de abreviaturas que estes textos legais apresentam, o ponto é sempre utilizado. Os prontuários também não se referem de modo específico a estas abreviaturas, mas apresentam listas de abreviaturas similares em que o ponto é sempre utilizado. Como se trata também de uma abreviatura de um ordinal (apesar de apresentar características distintas, por não utilizar letras mas dígitos), o ponto, que na maioria dos casos substitui o que se suprimiu da forma por extenso, é usualmente utilizado antes do símbolo indicador da marca de género e de número (1.ª, 2.º).
Quanto ao traço sob o símbolo do numeral ordinal (ex.: o), mais uma vez não existe nada estabelecido sobre o seu uso nos textos legais e nas gramáticas. O mais comum nos textos impressos é não se colocar o traço, mas isso deve-se mais ao tipo de letra utilizado do que propriamente a uma regra explícita. O facto de se utilizar muitas vezes em escrita manuscrita poderá supor o facto de se tratar de um vestígio de escrita cursiva.

pub

Palavra do dia

so·bre·a·no so·bre·a·no


(sobre- + ano)
nome masculino

[Brasil: Regionalismo]   [Brasil: Regionalismo]  Rês, geralmente novilho, com mais de um ano.

Confrontar: soberano.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pagara [consultado em 31-01-2023]