PT
BR
Pesquisar
Definições



nó górdio

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
Imagem

Laço apertado.


nome masculino

1. Laço apertado.Imagem

2. Articulação das falanges dos dedos.Imagem

3. Rosca que formam os ofídios ao enrolar-se.

4. [Botânica] [Botânica] Parte de que saem as folhas das canas e gramíneas.

5. Parte espessa e dura na madeira, no mármore, etc.Imagem

6. [Medicina] [Medicina] Concreção nos dedos dos gotosos.

7. Saliência anterior da garganta. = MAÇÃ-DE-ADÃO, NÓ-DE-ADÃO

8. Embaraço (na garganta) que obsta engolir.

9. [Figurado] [Figurado] Ponto em que está a dificuldade.

10. Embaraço, estorvo.

11. Vínculo, laço moral.

12. Enredo.

13. Ligação, enlace.

14. Ponto onde convergem estradas ou linhas ferroviárias (ex.: o novo nó rodoviário está em fase de acabamento).

15. [Física] [Física] Ponto em que o deslocamento é nulo numa onda estacionária. = NODO

16. [Marinha] [Marinha] Unidade de medida de velocidade equivalente a uma milha náutica por hora, usada para a deslocação de uma embarcação ou aeronave ou para medir os ventos (símbolo: kn).


cortar o nó górdio

[Figurado] [Figurado] Ter uma resolução pronta e decisiva para uma dificuldade que parecia insuperável.

dar o nó

[Informal] [Informal] Casar.

nó cego

O que não tem laçada e se desata com dificuldade.

nó górdio

[Figurado] [Figurado] Obstáculo que parece impossível de superar.

vistoPlural: nós.
etimologiaOrigem etimológica:latim nodus, -i.
iconPlural: nós.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:nosaria.

Auxiliares de tradução

Traduzir "nó górdio" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber qual o antônimo de pensando.
É difícil encontrar uma palavra antónima para o verbo pensar (o mais fácil é a locução não pensar). No entanto, e apenas em alguns contextos, é possível utilizar o antónimo esquecer (por exemplo, pensou no pai) ou desconhecer (por exemplo, pensou na solução mais correcta).



Gostaria de saber qual a forma correcta: "há falta de amigos, ele falava sozinho" ou "à falta de amigos, ele falava sozinho."
No caso que refere, a frase correcta é à falta de amigos, ele falava sozinho.

A locução à falta de difere da construção há falta de, estando ambas correctas se usadas nos contextos apropriados.

A primeira, à falta de, é uma locução preposicional equivalente a “no caso de ausência de” ou “não havendo” (ex.: à falta de batatas, pode pôr só cenouras e nabos na sopa) e é sinónima da locução na falta de, formando uma locução adverbial com o substantivo ou grupo nominal que se lhe segue.

A construção há falta de é composta pelo verbo haver e pelo substantivo falta seguido da preposição de para indicar a ausência de alguma coisa (ex.: há falta de papel na impressora).